chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Coréia do Norte culpa missionários cristãos por abusos de direitos humanos no país


Coréia do Norte culpa missionários cristãos por abusos de direitos humanos no país

Esta semana, a Coreia do Norte respondeu ao Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre os supostos abusos dos direitos humanos no país, atribuindo a culpa a bases cristãs de missionários que alcançam os norte-coreanos pela fronteira com a China.

Durante um debate antes do conselho, em Genebra, o embaixador coreano Se Pyong afirmou que os missionários cristãos doutrinam os coreanos com uma ideologia contra a Coréia do Norte.

- Há na região nordeste da China chamadas igrejas e sacerdotes que se dedicam exclusivamente em atos hostis contra a RPDC [República Popular Democrática da Coreia]. Eles doutrinam aqueles que atravessam a fronteira de forma ilegal com ideologia anti-RPDC e os envia de volta para a Coreia do Norte com as atribuições de subversão, destruição, tráfico de seres humanos e atos até mesmo terroristas – afirmou o embaixador.

A afirmação do representante coreano foi comentada pelo reverendo Eric Foley, CEO o Seoul USA, uma organização não governamental americano-coreana que opera uma série de bases de discipulado alcançando os norte-coreanos em toda a Ásia.

- A importância dos comentários da Coréia do Norte não pode ser exagerada. A Coréia do Norte está escolhendo culpar publicamente os missionários cristãos por seus problemas de direitos humanos e dificuldades internas – afirmou Foley.

Foley observa ainda que a situação que os missionários norte-coreanos enfrentam no nordeste da China é complicada e tende a piorar. Ele afirma ainda que a Coréia do Norte não é o único desafio enfrentado pelos missionários.

- Se a Coreia do Norte está apontando os missionários que operam na China como uma fonte de potencial instabilidade no país, e se ele está alegando que a China é o anfitrião, os missionários podem esperar uma repressão crescente [por parte de China] sobre igrejas e bases de discipulado – afirmou.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"