chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Ana Paula Valadão & Milena no Programa Raul Gil

Para Ana Paula, “Foi muito especial fazer esta surpresa para a Milena. Confesso que engasguei, e a voz não queria sair, de tão emocionada que fiquei ao ver aquela menina tão pequenina fazendo tanta diferença na TV brasileira, e cantando minhas canções. Ela tem um dom maravilhoso, não apenas de cantar, mas de “dominar” o palco e a audiência. Deus a colocou ali, e conversando com sua mãe, percebi a responsabilidade que temos, como Igreja, de orar e sustentar esta família, para que os propósitos do Senhor se cumpram e Milena não seja ferida, mas viva plenamente o que o Pai tem reservado para sua vida. Até a “coincidência” da cor de nossas roupas me tocou. Parecia que eu estava vendo a “Ana” de amanhã! (risos), disse.
Deus usa as crianças. Corações inocentes que proclamam a verdade. Mais que fazer a diferença na TV Milena tem demonstrado, segundo a própria Ana, que faz parte de uma nova geração que tem sido levantada. “Eu sinceramente creio que Milena faz parte da nova geração que Deus já está usando, e vai usar muito mais. Cada geração é aperfeiçoada e conquista mais. Louvado seja Deus por isso!”, conclui.

Pesquisa revela que 40% dos americanos acreditam no criacionismo

                                biblia res 250x162 Pesquisa revela que 40% dos americanos acreditam no criacionismo
Uma nova pesquisa do instituto Gallup revela que 40 por cento dos americanos acreditam no Criacionismo – ou seja, que Deus criou os humanos em sua forma atual há 10.000 anos atrás.

A estatística representa um ligeiro decréscimo em relação aos anos anteriores, como em 2008, quando 44 por cento relataram acreditar no Criacionismo estrito. Mas observa que a Gallup, é a estatística mais baixa
já registrada na história de fazer a pergunta desde 1982.

Entretanto, a porcentagem de americanos que acreditam que os seres humanos evoluíram durante milhões de anos, sem o envolvimento de Deus, subiu de 14 por cento em 2008 para 16 por cento em 2010. Quase 30 anos atrás, apenas 9 por cento acreditam na “evolução secular.”

Enquanto isso, o percentual daqueles que detêm o ponto de vista da “evolução teísta,” que por Deus, um processo orientado que os humanos evoluíram durante milhões de anos, manteve-se estável em 38 por cento.

Americanos que frequentam regularmente a Igreja é mais provável que mantenha a visão estritamente criacionista, com 60 por cento dos frequentadores da Igreja semanalmente dizendo que os seres humanos foram criados na sua forma atual nos últimos 10.000 anos.

Aqueles que frequentam a Igreja quase todas as semanas ou mensalmente são mais propensos a concordarem com a evolução teísta (47 por cento) em comparação com as outras visões. E os americanos, que raramente ou nunca vão à Igreja são mais propensos a dizer que Deus guiou o processo de evolução (39 por cento).

A pesquisa, publicada sexta-feira, também descobriu que as opiniões variam segundo o nível de ensino.

Quase metade (49 por cento) dos pós-graduados de acordo com a evolução teísta e um quarto de acordo com a evolução secular. Entre os graduados, 38 por cento acreditam na evolução teísta e 37 por cento acreditam no Criacionismo estrito.

Americanos com ensino médio e aqueles com apenas um grau de Ensino Médio ou menos são mais propensos a defenderem a idéia de Criacionismo estrito, quando comparado com aqueles com maior nível de educação.

Embora o ponto de vista criacionista tenha se tornado um pouco menos popular, em geral, Gallup assinala que os cientistas continuam a ser surpreendidos que quatro em cada 10 norte-americanos sustentam esse ponto de vista. E as quedas durante as últimas décadas têm sido muito pequena.

Os resultados para esta sondagem Gallup se baseiam em entrevistas telefônicas realizadas de 10 a 12 dezembro de 2010, com uma amostra aleatória de 1.019 adultos, com idade entre 18 e mais velhos.

Fonte: The Christian Post

Cassiane recebe discos de Ouro e Platina no Programa Raul Gil

                    
Recebida pelo apresentador e pela menina Milena, que a pedido do Raul Gil fez uma oração para a cantora, Cassiane cantou “Celebrarei” e “De uma Forma Diferente”, canções que fazem parte do seu recente trabalho “Viva” lançado pela Sony Music.
Cassiane ressaltou a importância do Programa Raul Gil em divulgar a palavra de Deus através da TV e relembrou de outras participações que fez no programa nos quadros ‘Homenagem ao Artista’, “Pra quem você tira o Chapéu” e também como jurada.
confira video

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Bíblia eletrônica permite evangelismo em locais proibidos no Nepal

                   Bíblia eletrônica permite evangelismo em locais proibidos no Nepal 250x206 Bíblia eletrônica permite evangelismo em locais proibidos no Nepal
Cerca de 350 pessoas celebraram o lançamento de duas versões eletrônicas da Bíblia no Nepal. Após a cerimônia o público adquiriu 100 cópias da e-Bíblia em CD e mais 70 cópias em software. O número subiu drasticamente desde então. A Go-Bible é disponibilizada através de download no site da Sociedade Bíblica do Nepal (SBN).

Há alguns anos, o Mission Aviation Fellowship (MAF) iniciava uma missão de vôo ao Nepal. “Mas isso não era exatamente o que Deus tinha em mente para mim”, diz o piloto da MAF e criador do projeto, Tim Chase.

Quando Chase visitou a SBN, recebeu uma proposta missionária. “Eles queriam ter algumas Bíblias eletrônicas, mas não tinham condições de fazê-la. Então, me disseram: ‘Você quer tentar fazer algo assim?’”

Chase tinha trabalhado na IBM por 10 anos antes de ingressar na MAF. Ele levou cerca de nove meses só para converter arquivos e personalizar o software, mas, enfim concluiu o projeto. “Dois novos produtos foram lançados: A ‘Go Bible’ que lhes permite ter a Bíblia em nepalês com tecnologia para celular, e também um programa de e-Bíblia, que lhes permite ter a Palavra em nepalês, juntamente com comentário e dicionário”.

Chase explica que ter uma versão eletrônica da Bíblia no Nepal é uma estratégica. “Um monte de pessoas do Nepal estão vivendo em outros países. Alguns nepaleses vivem no Oriente Médio, onde pode não ser aceitável transportar uma Bíblia impressa, mas essa sim”, explica. Ele também diz que a versão eletrônica da Bíblia lhes permite compartilhar o Evangelho, enviando versículos para as pessoas através de SMS de texto ou e-mail.

Fonte: CPAD News / Gospel Prime

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Leis que com certeza será uma benção para o povo de Deus

Projeto de Lei visa reconhecer atividades evangélicas como manifestação cultural.

marcelo2 Segue em tramitação, na Câmara Municipal de Fortaleza, o Projeto de Indicação nº 072/10 que reconhece como manifestação cultural a música evangélica, e os eventos a ela relacionados, o autor da proposição é o vereador Marcelo Mendes líder do bloco PTC/PRTB naquela Casa Legislativa.
O reconhecimento, por parte do Poder Público Municipal, estreitará a relação entre os produtores culturais evangélicos e a Prefeitura objetivando apoio necessário a essas atividades.
A indicação encontra-se na comissão de justiça e cidadania aguardando o devido parecer, para em fim, seguir ao plenário para votação derradeira e encaminhamento ao Poder Executivo.

 

LEI Nº 9619 Institui a Semana de Celebração da Cultura dos Movimentos Evangélicos.

Desde o dia 26 de janeiro do presente ano, o município de Fortaleza conta com a Lei nº 9619 que Institui a semana municipal de celebração da cultura e dos movimentos evangélicos, será comemorada na quarta semana do mês de setembro de cada ano e contará com uma serie de eventos relacionados à divulgação da cultura evangélica independente de igrejas.
 
Ao justificar a Lei, seu autor, Vereador Marcelo Mendes líder do bloco PTC/PRTB, reconhece a importância dos movimentos evangélicos e de suas ações referentes ao resgate de vidas através de pregações, cultos orações que somam de forma significativa ao bem estar da sociedade de Fortaleza.

 

Projeto de Lei 0375/10, pretende criar o Passe Livre do Missionário Evangélico.


Segue em tramitação na Câmara Municipal de Fortaleza o Projeto de Lei nº 0375/10 que institui o passe livre nos transportes coletivos no município de Fortaleza aos missionários evangélicos.
A proposição visa proporcionar aos missionários passes livre nos transportes coletivos de Fortaleza auxiliando as igrejas, muitas vezes marcelodesprovidos de recursos, no relevante trabalho de evangelização e auxílio espiritual.
 
A atividade missionária há muito, vem prestando relevante serviço principalmente em comunidades carentes de nossa cidade vale lembrar que nos bairros em que a atividade religiosa é mais intensa o índice de criminalidade é reduzido de forma significativa.
 

Pastor africano é martirizado!

                          Michel Loua e família Pastor africano é martirizado
O pastor Michel Loua, 47, nascido em Jacksonville, Texa, foi executado no domingo à noite, 14 de novembro em uma prisão em Guiné, oeste da África. Líderes da igreja chamam sua morte de mártir moderno nesse país de predominância islâmica (85%).

Um novo mártir

De acordo com o artigo de Charles Johnson no jornal Gilmer Mirror, Michel e sua família vieram dos Estados Unidos há quatro anos para participar de um seminário em preparação de evangelizar sua terra natal.

Johnson diz que Michel era graduado em Seminário Teológico na Associação Missionária Batista (tradução livre, AMB) em Jacksonville. Ele foi o primeiro a conseguir tal nível de escolaridade em teologia em Guiné.

Michel fez pelo menos quatro viagens de volta à Guiné para verificar as condições da igreja e fazer as preparações para retornar à terra natal com sua família.

Em uma dessas viagens, ele construiu uma casa com quartos para hospedar e ensinar obreiros locais no trabalho de divulgação.

Johnson relata que o pastor não era um estranho no distrito de Upshur. Ele e sua família ingressaram na Igreja Batista Rosewood em dezembro de 2008 onde pregou várias vezes e contribuiu para um avivamento no início de 2008.

O cristão voltou à Guiné pela última vez em junho desse ano. Aparentemente se envolveu na campanha das eleições presidenciais que aconteceriam uma semana antes de sua execução. Havia várias lutas, especialmente entre grupos islâmicos e cristãos. Ele ficou preso por três semanas na prisão da capital da Guiné.

Johnson cita, pelo menos, duas notícias do serviço africano que afirmam que o presidente da Guiné enviou soldados à prisão para oferecer Michel Loua como um sacrifício humano e reforçar a liderança do presidente.

Ele escreve que segundo a crença muçulmana do país, era necessário matar um infiel (não muçulmano) para garantir o sucesso da nova liderança. Michel foi torturado, baleado no coração e seu corpo mutilado.

Johnson acrescenta que Michel nasceu e foi criado como muçulmano. Ele se converteu a Cristo aos 22 anos. Depois de aceitar Jesus Cristo como seu Salvador, enfrentou perseguição imediata de sua própria família. Sua cabeça tinha uma cicatriz profunda de um apedrejamento inicial de parentes depois de sua conversão. Houve inúmeras ameaças de morte ao pastor desde 1985.

Foi fundamental Michel ter iniciado a evangelização de muçulmanos na Guiné para ajudar a estabelecer pelo menos uma dezena de igrejas em seu país. Mesmo antes de possuir uma Bíblia, ele levou concidadãos para Cristo usando versos do Corão, que falava de Jesus.

 

A família

Os sobreviventes da família Loua incluem sua esposa Elisabeth, com quem era casado há 15 anos, um filho, Joal, 14, duas filhas: Débora, 12, e Maria, de 4 anos. Elisabeth também está esperando o nascimento de seu quarto filho em cerca de três semanas que deve ser chamar Michel.

Um culto em memoria de Michel Loua foi realizado terça-feira, 23 de novembro, na Igreja Batista Woodland Heights em Jacksonville, onde várias pessoas da região estavam presentes. Pelo menos dois fundos foram criados para ajudar a ajudar a família Loua. 

Fonte: Portas Abertas / Gospel Prime

Ministério pretende distribuir Bíblia em áudio a moradores analfabetos em Moçambique

                             Moradores analfabetos receberão Bíblia em áudio 250x207 Ministério pretende distribuir Bíblia em áudio a moradores analfabetos em Moçambique
Moradores de Moçambique estão ansiosos para aprender mais sobre Deus. No entanto, cerca de 60% da população de Moçambique é analfabeta, portanto não conseguiriam ler a Bíblia, mesmo que tivessem uma.

Para resolver esse problema o Ministério Escritura em Áudio iniciou uma parceria em 2005, ajudando com um pequeno projeto de gravação e a distribuição de fitas cassetes das Sagradas Escritura para uma pequena área no sul de Moçambique.

O parceiro do Ministério, Coroa da Vitória Studios, tem crescido rapidamente durante os últimos cinco anos e agora disponibiliza a Palavra de Deus em aparelhos digitais para milhões de não-leitores em todas as províncias de Moçambique.

Como o projeto foi crescendo o espaço físico no 3º andar de um Colégio Bíblico perto da cidade de Xai-Xai ficou pequeno. Mas aos poucos o Ministério está adquirindo novas propriedades.

Equipes já preparam o terreno para novas distribuições. Um deles é ir para Chimoio, a quinta maior cidade de Moçambique, para distribuir a Palavra de Deus na língua Shona.

Outra remessa de Bíblias em áudio é dirigido a Moçambique, este mês. Para que uma uma família moçambicana receba um leitor digital Escritura é necessário U$ 40. O objetivo do Ministério é arrecadar o suficiente para distribuir 1.200 Bíblias em áudio digital em Moçambique no final de 2010. Até o momento já foram enviados cerca de 500.

Fonte: MNN / Gospel Prime
Via: CPAD News

Campanha ateísta em ônibus chega ao Brasil; “A fé não dá respostas. Ela só impede perguntas”

                             Em Fort Worth ônibus carregam anúncios Proclamando Bom Sem Deus 250x113 Campanha ateísta em ônibus chega ao Brasil; A fé não dá respostas. Ela só impede perguntas
A Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) veicula a partir de hoje campanha publicitária para dizer que Deus pode não existir.

As peças de propaganda, com frases como “Religião não define caráter” e “A fé não dá respostas. Ela só impede perguntas”, circularão em ônibus de Salvador e Porto Alegre por um mês.
“O prazo pode se estender, se tivermos doações”, diz Daniel Sottomaior, da Atea.

A campanha teve início no Reino Unido em 2009 e se espalhou por outros países, com resultados distintos.
Nos EUA e na Espanha, a iniciativa deu certo, provocando a esperada polêmica. Na Itália, a veiculação foi proibida. Na Austrália, a companhia responsável por anúncios em ônibus se recusou a exibi-los.

Algo parecido aconteceu em São Paulo. Depois que conheceu o conteúdo dos anúncios, já após a assinatura do contrato, a empresa que os veicularia se negou a fazê-lo, alegando que a legislação proíbe temas religiosos. A Atea avalia a possibilidade de uma ação judicial.

Metade dos cerca de R$ 10 mil utilizados na campanha brasileira vem de pequenas doações e de recursos da própria instituição. A outra metade vem de um único doador paulista que prefere permanecer anônimo.

Fonte: Folha de SP / Gospel Prime
Via: Guia-me

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Você sabe onde está o Jardim do Éden hoje? Confira!

                     O Jardim do Éden 250x177 Você sabe onde está o Jardim do Éden hoje? Confira!
Segundo o livro de Gênesis, em seu segundo capítulo, quando
Deus criou o ser humano nas figuras de Adão e Eva, deu-lhes como habitação uma vasta área repleta de fertilidade, de natureza exuberante, com o melhor em recursos vegetais, animais e minerais. A região, conhecida como Jardim do Éden, foi a primeira morada do homem e, conforme a descrição bíblica, ficava entre os rios Tigre e Eufrates, lugar posteriormente chamado Mesopotâmia, onde hoje se localiza o país do Iraque. A porção de terra descrita na Bíblia também abrange uma pequena parte do que hoje é a Síria. Outros dois rios também constam da descrição: o Pisom e o Giom.

No Éden, ao homem era permitido desfrutar de tudo o que a natureza oferecesse em se falando de alimento e abrigo, exceto os frutos da árvore do conhecimento do que era bom e mau. Adão e sua companheira,
Eva, desobedeceram a única proibição que tinham e deram origem ao pecado, sendo expulsos pelo Senhor do jardim. Manipulados pela serpente para provarem do fruto proibido, romperam uma aliança muito íntima com Deus, expulsos do lugar que tudo lhes oferecia. Tiveram que, a partir daí, conquistar o alimento com o suor, trabalhando para seu sustento.
Como resultado do dilúvio, também descrito em Gênesis, a área conhecida como Éden foi inundada. Com as mudanças climáticas pós-diluvianas, a área tornou-se desértica.

Na Bíblia, quando o texto se refere a oriente e ocidente, toma como referência geográfica Israel, o que comprova a posição do atual Iraque, ao oriente. O texto das Escrituras atesta que o rio Tigre corre ao oriente da Assíria (atual Síria) correspondendo ao Tigre, hoje conhecido. Dos rios descritos na Palavra, apenas o Tigre e o Eufrates permanecem nos dias atuais. O Pisom e o Gion irrigavam o Éden. Hoje, não mais existentes no mapa, supõe-se que a área que ficava às suas margens esteja submersa no Golfo Pérsico.
Gênesis diz que Deus formou Adão do barro, da terra. O nome Adão, do hebraico, tem o significado de “vermelho” (adom), também significando, com pequena variação fonética (adam), “homem”. Não por acaso, o solo da região tem um forte tom avermelhado.

As evidências histórico-geográficas apontam que a região, hoje conturbada por conflitos e guerras, rica em petróleo (que também não por acaso é resultante do soterramento de grandes florestas da pré-história), é o berço da humanidade.

 

A disputa pela água

O fato de a área ser fartamente irrigada por grandes rios na época despertou o interesse de muitos povos por aquela região, por estar em terra úmida e propícia à agricultura, uma prática fundamental para a subsistência da população.

Os sumérios foram os primeiros a habitar a Mesopotâmia. Antes de ali se estabilizarem, eram nômades. Acredita-se que eles foram a primeira civilização do mundo e a eles são atribuídas as invenções da escrita e da roda. É difícil afirmar quando isso ocorreu com precisão. No entanto, historiadores, baseados em descobertas arqueológicas, acreditam ser em torno de 4000 a 3500 antes de Cristo (a.C.).

Diversos povos passaram pela região e conquistaram a Mesopotâmia. Impérios caíram e outros novos se ergueram. Um dos mais significativos foi o Império Babilônico, provavelmente estabilizado na região por volta de 1730 a.C. Entre os monarcas que mais se destacaram está Hamurabi (na ilustração), o responsável pela criação do código de leis mais antigo de que se tem história até hoje.
No século VII, a Mesopotâmia, conquistada por gregos e persas, foi sede de um vasto império árabe, que começou com a capital em Damasco, na Síria, e logo depois foi transferida para Bagdá, a cidade das “mil e uma noites”, devido a sua localização estratégica, próxima aos rios.

 

O Iraque contemporâneo


Entre 1658 e 1918, o Iraque fez parte do Império Otomano, composto principalmente por turcos. Após o término da I Guerra Mundial, o império foi desmembrado e nasceu o Iraque moderno, sob a tutela do Reino Unido. Essa decisão foi tomada pela Liga das Nações, uma organização dos países vencedores da guerra, com o aparente intuito de negociar um acordo de paz.
Contudo, os iraquianos não aceitaram a condição de dominação à qual foram submetidos pela Liga. Surge, a partir disso, um forte movimento pela independência do país.

Em 1932 o Iraque foi declarado independente, embora continuasse com participação intensa da Inglaterra em seu governo. Em 1933, Rhasi I assumiu o trono e, após sua morte, seu filho Faisal II foi coroado em uma iniciativa manipulada pelos ingleses. Faisal II assumiu fortes compromissos com a Inglaterra, o que gerou insatisfação daqueles que clamavam pela verdadeira independência em relação ao poderio britânico.
A República do Iraque foi instaurada somente no dia 14 de julho de 1958 por meio de de um golpe militar liderado pelo general Kassem. Faisal II e sua família foram brutalmente assassinados.

O golpe iniciou um ciclo de agitações políticas que conduziram Saddam Hussein ao poder em 1979. Um ano após a posse de Hussein, o Iraque, apoiado pelos Estados Unidos, começou uma guerra contra o Irã que durou 8 anos, até os dois países decidirem pelo cessar-fogo. Dois anos depois, o Iraque invadiu o Kuwait (foto ao lado), mas foi duramente reprimido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Os Estados Unidos intervieram com a operação “Tempestade no Deserto”, libertando o Kuwait.

Em 2003 o Iraque foi invadido pelos Estados Unidos, com apoio da Inglaterra, contrariando a ONU, desfavorável à invasão. Os norte-americanos, após os ataques terroristas ao seu país em 11 de setembro de 2001, usaram o pretexto de que o Iraque estava construindo e estocando armas de destruição em massa. Até hoje nada foi encontrado.

George W. Bush, então presidente dos Estados Unidos, mudando o foco da invasão, declarou guerra ao “eixo do mal”, no qual Hussein era visto como um dos líderes ditatoriais mais cruéis na história contemporânea. Em 2006, Saddam foi capturado (foto à esquerda) após tentar se esconder do exército norte-americano e sentenciado à morte pelo governo iraquiano.

 

A Síria


A atual República Árabe da Síria foi, em tempos ancestrais, território majoritário de uma região denominada Levante (“onde o sol se levanta”, visto do Mediterrâneo). Damasco (foto à direita, nos dias atuais), capital da Síria e importante centro econômico do Oriente Médio há séculos, reivindica o título de cidade mais antiga continuamente habitada. Não é para menos: a história do país remonta a tempos imemoriais.

Acredita-se que lá tenha habitado Uz, filho de Arão e descendente direto de Noé.
Damasco também foi capital da Dinastia dos Omíadas, composta pelos califas (líderes religiosos e políticos), entre os anos de 661 e 750. Nessa época, a Síria passou a ser vista como um importante centro comercial, atraindo a ambição estrangeira. Muitos povos dominaram a região, até que em 1516 o país passou a ser parte do Império Otomano.

Com o fim da I Guerra Mundial, a Síria foi divida em duas partes: uma sob poder francês e outra sob o jugo britânico. A independência síria foi conquistada somente em 1946. Desde então, a situação política do país tem sido bastante instável. Sucessivas tentativas de golpe para tomar o poder levaram o país ao estado de sítio. Até hoje, a Síria não possui sistema bancário organizado e inúmeros direitos constitucionais dos cidadãos foram sustados.

Ao contrário do que muitos acreditam, a Síria é um país laico (a religião não interfere no governo), apesar da predominância muçulmana (74% da população). O regime militar adotado em 1970 por Hafez Al-Assad (à esquerda), um oficial fortemente influenciado pelas ideias soviéticas e que foi presidente até o ano de 2000, impera até os dias atuais, agora com seu filho Bashar Al-Assad, no poder. Qualquer manifestação a favor dos direitos humanos é fortemente reprimida pelo governo. Conforme a Anistia Internacional, presos políticos são perseguidos, torturados e executados sem qualquer forma de defesa.

Por conta das constantes guerras civis, muitos sírios procuraram fugir desse cenário. No ano de 1880 teve início uma maciça migração de sírios para o Brasil, então com fronteiras fortemente abertas a imigrantes.
A maioria deles, na época, foi para o Rio de Janeiro ou São Paulo, onde trabalhavam principalmente no ramo comercial. As lojas na região da Rua 25 de Março, em São Paulo, por exemplo, foram fundadas principalmente por imigrantes sírios e libaneses.

A culinária síria, ou da antiga região do Levante, foi muito bem aceita pelo Brasil, hoje presente em praticamente todas as cidades brasileiras. A esfiha, o quibe, a folha de uva recheada (conhecida como “charuto”, também adaptado com o uso de folhas de repolho) e a pita (apelidada aqui como pão sírio), são célebres exemplos da influência gastronômica síria em nosso país.

Apesar dos problemas internos, a Síria é um importante destino turístico. Considerada por muitos o “berço da humanidade”, possui história milenar, refletida em construções preservadas, tombadas como patrimônio mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), como as Cidades Antigas de Alepo, Bosra (onde fica o anfiteatro romano da foto) e de Damasco, o Sítio de Palmira, o Krak (forte) dos Cavaleiros e a Fortaleza de Saladino.

Fonte: Arca Universal / Gospel Prime

domingo, 5 de dezembro de 2010

Ana Paula Valadão lidera lista para cantar na abertura da Copa de 2014

Líder do Diante do Trono está à frente de grandes nomes da música brasileira
                          Ana Paula Valadão lidera lista para cantar na abertura da Copa de 2014
A seguinte enquete publicada num portal de notícias: ‘Quem deve cantar na abertura da Copa do Mundo de 2014’. Concorrendo estão os maiores artistas do Brasil, numa lista que ultrapassa a casa dos 70 nomes em diversos estilos. Mas o que conta mesmo é quem está no topo. A cantora Ana Paula Valadão já ultrapassa a marca dos 2 milhões de votos e assume a liderança absoluta na votação.

Para se ter uma idéia da tal disputa, Ana Paula Valadão está a frente de artistas como Ivete Sangalo, Exaltasamba e Claudia Leitte. A líder do Ministério de louvor Diante do Trono disparou em pouco mais de dois dias no ranking. Não se sabe até quando vai durar a enquete, nem se seu resultado influenciará na escolha real do artista que comandará a festa de abertura. O que se nota, porém, é a imensa popularidade e reconhecimento atingidos pela música cristã e artistas como Ana Paula, que tem buscado e conseguido maior abertura de espaço a este estilo musical nas emissores de TV.

Outros cantores evangélicos também disputam a enquete. Dentre os melhores colocados estão Mariana Valadão (5º), Nívea Soares (8º) e Oficina G3 (9º). Veja a lista completa:

Fonte: Cpadnews.com.br

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Cristã é fuzilada na Eritreia

                                Container lugar de prisão dos cristãos Cristã é fuzilada na Eritreia
A Portas Abertas internacional recebeu informação sobre a morte de uma mulher cristã evangélica nas dependências de um presídio deste país africano.
Ferewini Gebru Tekleberhne, de 35 anos aproximadamente, foi fuzilada em 19 de novembro, quando tentava fugir do Centro de Treinamento Militar em Sawa, onde esteve encarcerada num container de metal nos últimos dois anos.

Ela era solteira e se converteu a Jesus Cristo em 2007, enquanto prestava serviço militar na cidade de Barentu, da zona administrativa de Zoba Gash Barka. Na ocasião, ela foi presa por exercer atividades religiosas fora das quatro instituições reconhecidas oficialmente pelo governo da Eritreia: Ortodoxa, Católica, Luterana e Islâmica.

Fontes informaram que a mártir cristã foi sepultada pouco depois do fuzilamento nas imediações do presídio onde passou seus últimos anos de vida na terra. Não há notícia sobre seus familiares.
Esta foi a 14ª morte de cristãos em prisões eritreias, das quais seis foram de mulheres. Ferewini foi a segunda mulher a morrer no Centro de Treinamento Militar de Sawa. Outra cristã, Senait Oqbazgi Habta, de 28 anos, morreu em 23 de abril, após prolongada anemia e malária, pois lhe foram negados cuidados médicos específicos.

Situada nas proximidades da fronteira com o Sudão, a cidade de Sawa fica às margens do Rio Sawa e abriga este centro de treinamento militar avançado. O Centro inclui uma câmara de castigos para os cidadãos que tentam se evadir do serviço militar e para os adeptos de religiões não aceitas pelo governo.

Pedidos de oração:

1. As circunstâncias envolvendo a morte de Ferewini servem para nos lembrar dos terríveis maus-tratos que os prisioneiros religiosos sofrem na Eritreia. Por favor, ore para que o Senhor derrame da Sua graça sustentadora sobre os que estão presos por sua fé em Jesus Cristo naquele país. Ore para que o Senhor os guarde e os proteja contra o desânimo, mantendo as suas testemunhas firmes na fé.

2.  Ore para que o Senhor traga salvação na Eritreia pelo testemunho de seus filhos e filhas sofredores. Ore para que os agentes do governo enxerguem que ao perseguirem os filhos de Deus, eles estão perseguindo ao próprio Senhor.

3.  Ore para que o Senhor, no Seu tempo e do Seu modo, traga liberdade para a Igreja na Eritreia. Ore para que os Seus propósitos sejam cumpridos enquanto as perseguições continuarem, e que Ele venha a ser glorificado.

Fonte: Portas Abertas /Gospel Prime

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

NOTA DE FALECIMENTO

reflexões                                         
Faleceu na Igreja dos Negligentes e Frios na Fé, dona Reunião de Oração, que já estava enferma desde os primeiros séculos da Era Cristã. Foi proprietária de grandes avivamentos bíblicos e de grande poder e influência no passado. Os médicos atestaram que sua doença foi motiva pela Frieza de Coração, devido à falta de circulação do sangue da Fé. Constataram ainda: dureza de joelhos - não dobravam mais - fraqueza de ânimo, muita falta de boa vontade e de leitura bíblica.

Foi medicada, mas erradamente, pois lhe deram grandes doses de Administração de Empresa, xarope de Reuniões Sociais, injeções de Competições Esportivas, o que provocou intoxicação e má circulação nas amizades, trazendo ainda, os males da carne, como rivalidades e ciúmes, principalmente entre os jovens. Administraram-lhe muitos Acampamentos, comprimidos de Clube de Campo, e até cápsulas de Gincana e Maratona lhe deram para tomar. Resultado: morreu dona Reunião de Oração. A autópsia revelou falta de alimentação do Pão da Vida, carência de Água Viva e ausência de vida espiritual.

Em sua memória, a Igreja dos Negligentes, situada na rua do Mundanismo, nº 666, estará fechada às quartas e quintas, e aos domingos haverá cultos só pela manhã, assim mesmo quando não chover e quando não houver feriados emendando o lazer de sexta e segunda-feira.

Uma pergunta: Será que o irmão não ajudou a matar a dona Reunião de Oração?

(Revista A Seara)
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"