chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Boko Haram invade cultos e decapita crianças cristãs


Boko Haram invade cultos e decapita crianças cristãs
Boko Haram invade cultos e decapita crianças cristãs

A mais recente onde de ataque do grupo extremista islâmico Boko Haram tem como objetivo decretar um Estado Islâmico independente dentro da Nigéria. Para isso, eles mataram todos os cristãos residentes na área que puderam.

Segundo agências internacionais, o número chega a milhares. As aldeias na região noroeste do país foram invadidas, as igrejas incendiadas, homens foram mortos e suas mulheres sequestradas, uma prática conhecida do grupo.

Mais de 100 militantes invadiram as aldeias predominantemente cristãs no momento em que o culto de domingo se iniciava. Abriram fogo contra os moradores que estavam nos templos e, empunhando seus facões, começaram a matança. Muitos cristãos foram decapitados e suas mulheres estupradas. Há registros de várias que foram sequestradas e forçadas a se “casar” com os guerrilheiros do Boko Haran. Há registro de várias crianças que foram mortas e decapitadas.

Sawaltha Wandala, 55, chegava para o culto quando viu um militante jogar uma criança de uns seis anos, aparentemente morta, dentro de uma vala. O ancião se aproximou e viu que a criança ainda estava viva. Tomou-a no colo e correu em direção ao hospital em busca de socorro.

De repente, foi parado por cinco militantes que arrancando a criança dos seus braços, e cortaram sua cabeça em pedaços diante de seus olhos. Depois, agrediram Wandala com pedaços de pau e bateram com uma pedra em sua cabeça. Ele desmaiou. Pensando que estava morto, foi deixado pelos muçulmanos.

Cenas parecidas se repetiram em quase todas as aldeias do distrito de Gwoza. Muitos cristãos fugiram pela fronteira para a vizinha República dos Camarões. Um deles foi John Yakubu, que juntamente com sua família tentou encontrar abrigo. Dias depois, ele voltou para a aldeia de Attagara para tentar recuperar alguns de seus animais.

Chegando em casa, pegou seus poucos pertences, incluindo a Bíblia da família. Ao ser surpreendido por soldados do Boko Haram, foi lhe dada uma escolha: “Você precisa se converter ao islamismo, ou então terá uma morte dolorosa.”

John recusou a oferta. Amarraram seus pés e mãos a uma árvore e o torturaram. Faziam cortes profundos nas mãos de John e zombavam da sua fé: “Você pode se tornar um muçulmano agora?” Ele simplesmente respondia: “Vocês podem matar meu corpo, mas não matarão a minha alma!”

Após vários ferimentos pelo corpo, com facas e até um machado, John sangrou muito, até perder a consciência. Os terroristas o abandonaram para morrer. Após três dias, ele foi resgatado e levado para um hospital, onde permaneceu em coma.

Um obreiro da Missão Voz dos Mártires, encontrou John no hospital. Perguntou-lhe qual era o seu sentimento em relação a seus agressores. A resposta de John foi surpreendente: “Eu já perdoei os muçulmanos. Eles não sabem o que estão fazendo.” Com informações Persecution, Christian Today e Daily Post

Fonte: Gospel Prime

Cresce perseguição a evangélicos na América Latina


Cresce perseguição a evangélicos na América Latina
Cresce perseguição a evangélicos na América Latina

Enquanto cristãos são ameaçados e mortos em diferentes países do mundo por causa de sua fé, os evangélicos da América Latina veem aumentar a perseguição contra eles, mas em outros termos. Eles não são decapitados nem crucificados, mas vem sofrendo sanções políticas de seu direito de cultuar livremente.

Medidas de governos tem impedido a abertura de novas igrejas e também tentando fechar os templos já existentes. Na Bolívia, a Associação Nacional dos Evangélicos da Bolívia (ANDEB) trava uma batalha jurídica, que inclui uma petição de Inconstitucionalidade ao Tribunal Constitucional buscando a revogação de leis assinadas pelo presidente Evo Morales.

Defensor do chamado “socialismo bolivariano”, que tem mostrado sua influência em países vizinhos como Venezuela e Brasil, Morales estabeleceu regras que são empecilhos à liberdade religiosa. A advogada Ruth Montaño, que auxilia juridicamente a ANDEB contesta: “Essa lei é totalmente inconstitucional, incongruente com o artigo 4 da Constituição”.

Os evangélicos são minoria no país, cerca de 1,6 milhão de pessoas. O Decreto 1987 e a Lei 351, criados pelo governo de Evo e aprovados pela Assembleia Legislativa da Bolívia, tem como objetivo “regular a concessão e registro da legitimidade para igrejas, grupos religiosos e crenças espirituais, cujos objetivos não envolvem lucro”.

Morales deseja que qualquer organização religiosa no país precise reaplicar para ser considerada legalizada a partir do próximo ano. Para que isso aconteça, as denominações devem apresentar uma “lista autenticada” contendo os nomes, números da carteira de identidade, certidões de impostos e arquivos da polícia de seus líderes, bem como a relação oficial contendo nomes e números de identificação de todos os seus membros.

As igrejas também precisam fornecer um cronograma de todas as suas atividades anuais “para o controle e acompanhamento” pelo Ministério das Relações Exteriores. Quem se negar ou não preencher corretamente a documentação exigida, terá seu registro oficial cancelado, o que levaria ao confisco de propriedades da igreja, proibição de realizar cultos e fechamento de centros de treinamento.

“A ameaça de revogar os documentos que nos legaliza, simplesmente por decisão de um burocrata estatal, viola o devido processo legal”, disse Montaño. Lembrou também que antes de ser eleito, em 2009, Evo Morales defendia um Estado laico e desmentiu todos os rumores que fecharia igrejas. Depois de 5 anos no poder, ele mudou sua perspectiva e esqueceu dos compromissos firmados com líderes na época.

Um dos países mais fechados para o evangelho do continente desde que passou a ser comunista, Cuba aumentou a perseguição religiosa nos últimos anos, segundo comprova um relatório da organização Christian Solidarity Worldwide, com vários registros de hostilidade, tortura e prisões.

Somente no primeiro semestre de 2014, foram registradas 170 violações de liberdade religiosa, tendo dezenas de vítimas. Em contraste, no mesmo período de 2011 foram 120 casos, com 40 vítimas.

O governo cubano emprega táticas brutais incluindo a intimidação de pastores e líderes, ameaças de fechamento das igrejas, confisco de imóveis, demolição de igrejas e prisões temporárias. “É angustiante ver um aumento tão significativo e sustentado de violações relatadas da liberdade religiosa em Cuba”, disse Mervyn Thomas, diretor da CSW. Segundo ele, o governo cubano tem se recusado a permitir que todas as organizações religiosas funcionem legalmente.

Na Costa Rica, as 2.500 igrejas que formam a Aliança Evangélica Costarriquenha estão preocupadas por que o governo impôs novas regras de funcionamento de templos. Com isso, cerca de 1.500 delas seriam proibidas de continuar funcionando.

O presidente do grupo evangélico, Juan Luis Calvo disse que fez um esforço para que todos se enquadrem nas novas exigências, mas que precisa do apoio do governo. Entre elas, estão o isolamento acústico dos templos, uma adequação muito cara para a maioria das igrejas evangélicas.  Várias já foram proibidas de funcionar em 2014.

Desde 2005 os evangélicos vêm travando uma luta política contra resoluções do governo que prejudicam o funcionamento livre dos templos, em especial os evangélicos. O governo alega que existem padrões mínimos de segurança e acessibilidade a serem respeitados e que os templos que não se adequarem serão fechados. Enquanto isso, os deputados do partidos ligados aos evangélicos como Renovação Costa Rica (RC), Restauração Nacional (RN) e Aliança Democrática Cristã (ADC), travam uma batalha no âmbito legislativo, mas o governo afirma que não há perseguição. Com informações de CBN, [2], Christian News

Fonte: Gospel Prime

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Pastor faz “desafio de Elias” ao califa do Estado Islâmico


Pastor faz “desafio de Elias” ao califa do Estado Islâmico
Pastor faz "desafio de Elias" ao califa do Estado Islâmico

Um pastor cristão norte-americano está propondo um desafio de fé ao chefe do grupo terrorista Estado Islâmico, o autoproclamado califa Abu Bakr al-Baghdadi. Basicamente é uma repetição do que fez Elias com os profetas de Baal no Monte Carmelo, no Antigo Testamento.

O evangelista Bill Keller, que mantém o site Liveprayer.com, disse que deseja provar ao mundo que os muçulmanos adoram a um falso deus. Ele fez um vídeo onde afirma: “É hora de alguém expor esses instrumentos de Satanás, em vez de se esconder na tenda como o exército de Israel fez quando foi hostilizado por Golias”.

Keller explica que seu desejo é mostrar que “Jesus morreu pelos pecados de todos os homens, incluindo os do Sr. al-Baghdadi”. Por isso, ele deseja ver o califa renunciar ao Islã e aceitar Jesus. Para que isso aconteça, Keller diz estar pronto para dar ao mundo uma demonstração pública do poder divino.

“Eu iriei para o Iraque, a Síria, ou qualquer local que você deseja”, diz Keller. “Cada um levará um animal puro, cortado em pedaços. Armamos as fogueiras. Depois de tudo preparado, você tem uma hora para pedir que Alá faça chover fogo sobre a sua oferta. Se no final daquela hora Alá não responder às suas súplicas, eu invocarei o único e verdadeiro Deus, o Deus da Bíblia… não apenas para lançar fogo sobre a minha oferta, mas também sobre a sua”.

E Keller vai mais além: “Se o seu deus Alá não responder, você… renuncia como líder do Estado Islâmico. Você se aposenta da sua vida de terror e incentiva seus seguidores a viver em paz. Então eu poderei voltar para minha casa nos Estados Unidos. Mas caso seu deus Alá responder às suas súplicas por fogo [e] o meu Deus não, eu renuncio à fé cristã, e você poderá fazer o que quiser e até me matar”.

O desafio de Keller é baseado no relato de 1 Reis 18, em que o profeta Elias derrotou os 450 profetas do deus pagão Baal. O evangelista deseja que esse desafio de fé cause um impacto em todos os muçulmanos do mundo.

“O Islã é uma mentira 1.400 anos de idade, vinda do inferno, nascido da voz de Satanás, literalmente. Maomé estava correto quando disse que era Satanás que inicialmente falou com ele. Ele sonhou com o seu próprio deus, Alá, que tenta ser uma imitação do Deus da Bíblia, e inspirou o seu próprio livro sagrado, o Alcorão, também uma imitação barata, muitas vezes plágio da Palavra de Deus inspirada, inerrante, a Bíblia”
Keller postou o desafio pela primeira vez julho, mas não obteve resposta de Baghadai nem de algum representante do Estado Islâmico, e afirma que o desafio continua de pé. Com informações WND.,

Fonte: Gospel Prime

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Casal cristão é multado pela Justiça por se negar a alugar fazenda para casamento gay


Casal cristão é multado pela Justiça por se negar a alugar fazenda para casamento gay

A busca dos ativistas gays por estabelecerem suas bandeiras tem usado o mote dos direitos civis para ir contra tudo e todos que, por conta de princípios de fé, discordam de suas práticas. Um casal cristão nos Estados Unidos foi multado por se recusarem a alugar sua fazenda para uma cerimônia de casamento gay.

Cynthia e Robert Gifford foram multados por um juiz do estado norte-americano de Nova York por se recusarem a alugar sua fazenda para duas mulheres que pretendiam se casar no local. A negativa, feita por conta de sua postura cristã, foi considerada uma “violação da Lei de Direitos Humanos do estado” de Nova York.

Na sentença, o magistrado acrescentou à multa uma exigência ao casa: afixar um cartaz anti-discriminação na propriedade, para que todos que forem ao local vejam o anúncio.

O casal, que vive na fazenda chamada “Liberty Ridge”, tradicionalmente loca o espaço para casamentos, e também lucra com visitas de turistas, que diariamente visitam o local para inúmeras atividades, como festas, recepções, colheitas, labirintos de milho e até mesmo um festival de outono.

A propriedade, de 100 hectares (equivalente a 1 milhão de metros quadrados), fica localizada a 20 quilômetros ao norte da cidade de Albany.

Segundo informações do Christian Post, o incidente começou em 2012, quando o casal respeitosamente se recusou a alugar o espaço para o casamento gay. Diante do imbróglio, os Gifford explicaram sua postura e ofereceram uma compensação, permitindo que a festa de recepção dos convidados fosse realizada no local.

No entanto, as noivas não aceitaram e moveram uma ação contra o casal, pedindo indenização por “angústia mental” e pelos transtornos na busca por um novo local para a organização da cerimônia.

Em sua defesa, o casal cristão argumentou que a fazenda é uma “propriedade privada”, onde eles moram. Mas, na sentença, o juiz definiu que o celeiro da fazenda abriga atividades comerciais (locação para casame

Fonte: Gospel+

sábado, 23 de agosto de 2014

Brasil pode ter seu primeiro museu cristão


Brasil pode ter seu primeiro museu cristão
Primeira tenda da Cruzada Nacional de Evangelização, no Cambuci, nos anos 1950

O projeto do Museu Cristão Brasileiro foi iniciado esta semana na Assembleia Legislativa de São Paulo. A obra teria cerca de 10 mil m² (equivalente ao Masp), com capacidade para 1.500 visitantes.

Trata-se de uma iniciativa do deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP). Ele afirma que está buscando ajuda de patrocinadores e também recursos da Secretaria da Cultura do Estado. Para ele, o foco do museu deve ser “histórico e cultural”, e não religioso. “O Estado é laico, não posso mandar dinheiro para a igreja, mas posso me associar a entidades religiosas”, assegura. Capez diz ser “um cristão que apoia o movimento evangélico” e frequenta igrejas como a Bola de Neve.

“Não vai ter culto no museu”, faz coro Luciana Mazza, uma das idealizadoras do projeto. Ela e o jornalista Marcelo Rebello, seu marido pretendem recorrer a leis de incentivo fiscal como a Rouanet, do governo federal, para conseguir financiamento para o projeto (ainda não orçado). Luciana esclarece que os ingressos do museu terão “preços bem acessíveis a todos”. O casal tem experiência com o público-alvo, pois são responsáveis pelo Salão Internacional Gospel, feira de negócios que ocorre em São Paulo.

Com o lançamento do “primeiro tijolo simbólico” nesta quarta (20), é possível ver como será a aparência do lugar. Quatro pilastras gregas sustentam a entrada. No topo, uma cruz. Na fachada, duas Menorás e a inscrição: “A Deus toda honra e toda glória” sobre a porta. Contudo, não foi divulgado onde ficará o museu e nem quando começaria sua construção.

Entre as diferentes divisões do Museu estão uma dedicada a “declarações polêmicas”. Entre elas o cantor gospel Thalles Roberto (ex-Jota Quest) mandando as mulheres “segurar a periquita”. Outra seção reunirá notícias que agitaram o universo religioso nacional. Entre as selecionadas está o pastor Lucinho cheirando a Bíblia para convidar as pessoas para o culto “Quarta Louca por Jesus”. Também terá destaque a pastora e cantora Ana Paula Valadão, que imitou “profeticamente” um leão durante uma apresentação e foi muito criticada por isso.

Uma das alas trará uma compilação dos nomes mais curiosos de igrejas no Brasil. Entre eles estão: Assembleia de Deus Pavio que Fumega, Pentecostal Cristã Ore com Moderação, A Serpente de Moisés Aquela que Engoliu as Outras e Associação Fiel Até Debaixo D’Água.

Embora tenha o nome de “cristão”, o projeto inicial não mostra nenhuma ala dedicada aos católicos nem aos ortodoxos, ramificações do cristianismo também presentes no país. Para quem tem interesse em museus religiosos, há mais de 10 anos funciona em Barueri, São Paulo, um museu totalmente dedicado à Bíblia e à cultura bíblica. Com informações de Folha de SP.

Fonte: Gospel Prime

Malta condena resolução que proíbe religião na recuperação de drogados

,
Malta condena resolução que proíbe religião na recuperação de drogados
Malta condena resolução que proíbe religião na recuperação de drogados,

O senador Magno Malta (PR-ES) resolveu usar seu espaço no Plenário para denunciar a decisão do Conselho Nacional de Políticas Sobre Drogas (CONAD) que quer impedir centros de recuperação de incluir religião no tratamento de usuários de drogas.

A decisão foi anunciada recentemente dizendo que os centros coordenados por entidades religiosas não poderão converter os internos para uma religião como condição para seguir o tratamento.,

Magno Malta, que sustenta um centro de tratamento no estado Espírito Santo há 35 anos, ficou inconformado com a resolução principalmente quando o texto diz que o Governo Federal destina 85 milhões por ano para auxiliar essas entidades.

“Os meus internos comem da minha música, dos meus direitos autorais”, afirmou o senador que controla o projeto Bem Viver recuperando milhares de usuários de drogas em mais de três décadas.

Na visão do parlamentar a medida, que se dirige exclusivamente para entidades sustentadas por instituição religiosas, é uma medida bolivariana do atual governo que já tentou aprovar o aborto através de uma resolução e ainda aprovou a chamada lei da palmada.

Magno Malta desafiou que o governo mostrasse os usuários de drogas que foram recuperados por eles, dizendo que os conselhos de psicologia e medicina também não recuperam ninguém. “Sabe qual é o remédio? É Deus de manhã, Jesus meio-dia e o Espírito Santo de noite.”

O texto do CONAD, na visão do senador do PR, é uma forma de impedir que o nome de Jesus seja pregado. “Olha que coisa sutil, que coisa bolivariana, que coisa cubana!”, disse Magno Malta ao ler o trecho que fala diretamente para entidades religiosas que são sustentadas por fiéis.

“É mantido por contribuição de fiéis e eles ainda querem barrar!”. O senador não se conformou com o texto que afirma que incluir a religião no tratamento fere a laicidade do Estado. “Não fere a laicidade do Estado patrocinar a marcha gay, não? Não!”, falou.

O parlamentar aproveitou o momento para deixar o documento em seu site e pedir para que o maior número de pessoas acesse para entender o que querem fazer com as casas de recuperação de usuários de drogas, sendo que muitas delas usam a religião para tratar os internos que saem de lá “lavados no sangue de Jesus”.

Assista:




Fonte: Gospel Prime

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

“Eu Escolhi Te Esperar”: movimento que prega o sexo após o casamento vai ganhar filme e web série


“Eu Escolhi Te Esperar”: movimento que prega o sexo após o casamento vai ganhar filme e web série

O movimento Eu Escolhi Esperar vai ganhar uma web série e um filme que vão divulgar os princípios da proposta de se manter virgem até o casamento.

Com mais de 2,5 milhões de seguidores, o movimento foi fundado pelo pastor Nelson Júnior, 38 anos, e tem ganho cada vez mais expressão entre os jovens e adolescentes evangélicos do Brasil.

Um dos adeptos, questionado sobre o que faria se encontrasse uma mulher nua em sua cama, não pensou duas vezes para responder: “Vou vestir essa mulher e ajudá-la. Possivelmente, ela não está dentro de si”, diz aos risos o jovem Lucas Lima, 24 anos, e ainda sem a experiência de um namoro.

Lucas vai protagonizar os dois projetos audiovisuais do movimento, que se chamarão “Eu Escolhi Te Esperar”. A produção ficará a cargo da Purpose Films, e a direção será assinada por Maurício Bettini, 32 anos.

Segundo Bettini, o filme e a série vão abordar “as complicações e dificuldades de falar sobre sexo e virgindade”. Na entrevista concedida à TV Folha, Bettini cita o exemplo do jogador David Luiz, que é noivo e aderiu ao movimento. “Ele é seguidor do que o pastor Nelson acredita”, resume o diretor.

O pastor Nelson, que se casou virgem aos 21 anos e será a inspiração do diretor para a produção da série e do filme, diz que teve que lidar com a desconfiança do próprio pai sobre sua heterossexualidade e se esquivar da proposta de perder a virgindade numa “casa de especialidades do sexo” aos 16 anos.

“Era um domingo na igreja com minha mãe, outro no futebol com meu pai. Ele não era cristão e sempre duvidava da minha masculinidade”, relembra o pastor.

Além dos princípios mais óbvios na proposta de virgindade até o casamento, Nelson explica que outros conceitos sustentam esse princípio, como evitar que famílias desestruturadas surjam no meio do processo.


Na entrevista à jornalista Anna Virgínia Balloussier, o virgem Lucas demonstrou ter muito mais repertório de improvisos do que roupas para uma eventual garota nua. Além de seguir a orientação do pastor Nelson para evitar “ficar no escuro e sozinho em casa”, Lucas sugere usar a imaginação como desestimulante sexual: “Imagina uma tia morta, ensanguentada no chão. Pronto, não tem mais nada”, garante.



Fonte: Gospel+

China afirma ter prendido quase mil seguidores de seita


China afirma ter prendido quase mil seguidores de seita
China afirma ter prendido quase mil seguidores de seita

Dezenas de seguidores do Quannengshen, ou Igreja do Deus Todo Poderoso, foram presos na China. Segundo a agência de notícias estatal foram quase mil prisões dos membros dessa seita desde junho, depois que uma mulher foi assassinada.

Entre os presos estavam 100 dos “organizadores de alto nível” da igreja de acordo com o comunicado do governo. O grupo Quannengshen não tem autorização para funcionar naquele país, a seita nasceu na província de Henan, no centro da China, e acredita que Jesus ressuscitou como Yang Xiangbin, a esposa do fundador Zhao Weishan.

O casal teria fugido para os Estados Unidos em 2000 e desde 2012 o governo chinês tem tentado paralisar as ações do grupo que proclamou uma “batalha decisiva” para derrubar o Partido Comunista do poder, pregando que o mundo acabaria naquele ano.

Na China as igrejas precisam de autorização oficial para funcionar, até mesmo a Igreja Católica é comandada pelo governo, não sendo submetida à autoridade do Papa, nem podendo escolher os párocos que irão atuar no país.

Entre as igrejas evangélicas também há restrições, muitas contam com a aprovação do governo, outras atuam ilegalmente e seus líderes e fiéis sofrem forte perseguição por conta da fé. A forma como age contra cristãos faz com que a China seja um dos 50 países de maior perseguição religiosa segundo dados do Ministério Portas Abertas.

Recentemente órgãos do governo estão atuando na tentativa de barrar o crescimento de cristãos no país, com a desculpa de “construção ilegal” diversas igrejas já foram demolidas e símbolos religiosos removidos. Com informações G1

Fonte:Gospel Prime

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos


Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos
Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips

A medicina está prestes a iniciar a implantação de um biochip que será capaz de controlar diabetes, ser usado como método contraceptivo e ainda para fazer exames dando um diagnóstico preciso e rápido até mesmo para casos de câncer.

O biochip é um dispositivo eletrônico do tamanho de um grão de arroz chamado de “wearables” assim como acessórios tecnológicos de uso pessoal como os óculos, relógio e pulseiras fabricados por empresas como LG, Motorola e Samsung.

A diferença é que este pequeno dispositivo será implantado dentro do organismo humano. “Os biochips vão acelerar o diagnóstico das doenças, porque são ultrasensíveis. Isso vai permitir exames de análises clínicas mais rápidos e baratos”, diz Idagene Cestari, diretora de bioengenharia do Instituto do Coração (Incor) em entrevista à Veja.

Através dessa cápsula de vidro será possível, por exemplo, analisar substâncias como o sangue para identificar se a pessoa está ou não doente.

Em casos de diabetes o biochip poderá ser implantado para liberar a quantidade ideal de insulina. Casos de pressão alta também poderão ser acompanhados por este pequeno aparelho que promete revolucionar a medicina.

Idagene é uma entusiasta sobre o uso desse dispositivo. “Poderemos fazer uma medicina personalizada”, disse ele.

Uma startup ligada ao  Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)  já testou um biochip para evitar gravidez. Implantado sob a pele ou no abdômen da mulher ele libera diariamente uma pequena dose de hormônio contraceptivo. O aparelho pode ser usado por 16 anos, quando a mulher desejar ter filhos, através de um controle remoto o médico ou a paciente desativa o biochip e estará pronta para gerar.

No Brasil a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) na área de otorrinolaringologia tem testado o biochip para casos de surdez.

Implantado no ouvido dos pacientes surdos, ou no tronco cerebral, o biochip libera impulsos elétricos estimulando o nervo auditivo. Com esse procedimento espera-se que cérebro interprete a informação e restaure a capacidade do usuário reconhecer os sons, ainda que sejam “robóticos”.

Uso de biochips aumenta a cada dia

O uso do biochips pode parecer novidades, mas há cerca de 300 mil pessoas que já usam esses dispositivos no mundo todo. A Veriteq Corp, fabricante de biochips nos Estados Unidos, já tem aval da  Food and Drug Administration (FDA) e já comercializada três modelos de dispositivos.

No Brasil não há fabricantes desses dispositivos, mas alguns brasileiros já estão usando para abrir carros e conectar computadores como é o caso de Raphael Bastos, de 28 anos.

Morador de Belo Horizonte (MG) o jovem conseguiu implantar um biochip que lhe permite destravar computadores, passar por catracas, destrancar portas e ligar o carro apenas encostando a mão esquerda em um leitor.

Bastos conseguiu adquirir um biochip através da loja Dangerous Things, um site especializado em comercializar esses dispositivos. Com 99 dólares é possível comprar o aparelho e ainda seringas especiais e bisturis que devem ser usados para a implantação do produto.

Fonte: Gospel Prime

Qual será o futuro da igreja evangélica no Brasil?


Qual será o futuro da igreja evangélica no Brasil?
Qual será o futuro da igreja evangélica no Brasil?

O crescimento das igrejas neopentecostais e o crescimento do número de “desigrejados” é conflitante. Ao mesmo tempo em que a percepção da população brasileira sobre os evangélicos é negativa, grandes empresas começam a investir no mercado gospel e dar espaço para a música e shows religiosos.

Afinal, qual é o momento da igreja no Brasil e qual será o seu futuro? O tema foi debatido pelo reverendo Augustus Nicodemus em um texto publicado no blog “O Tempora! O Mores!” onde ele fala sobre o atual cenário evangélico no país.

Para o pastor presbiteriano, é difícil olhar adiante e entender qual será o futuro da igreja evangélica. Ele cita o crescimento de “seitas” neopentecostais e mostra preocupação com o sincretismo religioso.

“Temo que a continuar o crescimento das seitas neopentecostais e seus desvios cada vez maiores do cristianismo histórico, poderemos ter uma nova religião sincrética no Brasil, uma seita que mistura traços de cristianismo com elementos de religiões afro-brasileiras, teologia da prosperidade e batalha espiritual em pouquíssimo tempo”, afirmou.

Nicodemus Lopes também se mostrou preocupado com eventos como o Festival Promessas exibido pela Rede Globo nos últimos três anos. “Não me preocupa tanto o fato de que a Rede Globo exibiu o show, mas a mensagem que foi passada ali”, disse.

Para ele essas apresentações mostraram que o louvor é o principal elemento do culto sem anunciar o evangelho do arrependimento. “Promete vitórias mediante o louvor e a declaração de frases de efeito e que ignora boa parte do que a Bíblia ensina sobre humildade, modéstia, sobriedade e separação do mundo”.

A forma superficial que, na visão do reverendo presbiteriano, o gospel apresenta a mensagem de Deus vai impactar de forma negativa as gerações futuras “especialmente na incapacidade de impedir a entrada de falsos ensinamentos e doutrinas erradas”.

Teologia reformada em igrejas pentecostais

Augustus Nicodemus Lopes tem notado que no caminho inverso desse movimento em busca da prosperidade e do show gospel que muitas igrejas pentecostais estão se voltando para a teologia reformada.
“Boa parte destes tem tentado preservar algumas idéias e práticas características do pentecostalismo, como a contemporaneidade dos dons de línguas, profecia e milagres, além de uma escatologia dispensacionalista. Outros têm entendido – corretamente – que a teologia reformada inevitavelmente cobra pedágio também nestas áreas e já passaram para a reforma completa”, diz.

Mídias sociais e a pregação do Evangelho

As mídias sociais também impactarão o futuro da igreja? Na visão do reverendo isso já está acontecendo, principalmente entre os chamados desigrejados que estão usando as redes sociais para ouvir pregações, fazer estudos e cursos teológicos.

” São cristãos virtuais que ‘freqüentam’ igrejas virtuais e têm comunhão virtual com pessoas que nunca realmente chegam a conhecer. Admito o benefício da tecnologia em favor do Reino. (…) Mas, não há substituto para a igreja local, para a comunhão real com os santos, para a celebração da Ceia e do batismo, para a oração conjunta, para a leitura em uníssono das Escrituras e para a recitação em conjunto da oração do Pai Nosso, dos Dez Mandamentos. Isto não dá para fazer pela internet. Uma igreja virtual composta de desigrejados não será forte o suficiente em tempos de perseguição.”

O futuro das igrejas

Pensando adiante, Nicodemus Lopes enxerga que é possível acontecer um verdadeiro avivamento no Brasil e confessa que apesar do sincretismo religioso, muitas pessoas estão conhecendo a Cristo.

“É inegável que Deus tem agido salvadoramente e não são poucos os que têm sido chamados das trevas para a luz, regenerados e justificados mediante a fé em Cristo Jesus, apesar das ênfases erradas, das distorções doutrinárias e da negligência das grandes doutrinas da graça”, disse.

Para ele isso reflete o quão misericordioso é Deus. “Parece que o Espírito Santo se compraz em usar o mínimo de verdade que encontra, mesmo em igrejas com pouca luz, na salvação dos eleitos. Não digo isto para justificar o erro. É apenas uma constatação da misericórdia de Deus e da nossa corrupção. Se a salvação fosse pela precisão doutrinária em todos os pontos da teologia cristã, nenhum de nós seria salvo.”

Fonte: Gospel Prime

Cresce casos de perseguição religiosa em Cuba


Cresce casos de perseguição religiosa em Cuba
Cresce casos de perseguição religiosa em Cuba

A organização Christian Solidarity Worldwide (CSW) divulgou um relatório falando sobre o aumento da perseguição religiosa em Cuba, mostrando que nos últimos anos foram feitos diversos registros de hostilidade, tortura e prisões.

Segundo o documento desde o início de 2014 até meados de julho foram registradas 170 violações de liberdade religiosa, tendo dezenas de vítimas. O número de sete meses de estudo é quase o mesmo do que foi registrado ao longo de 2013 que teve 180 casos, em 2012 foram 120 casos e em 2011 apenas 40.

A investigação da CSW percebeu que agentes do governo cubano empregam táticas mais brutais do que as usadas em anos anteriores. Entre os relatos mais impressionantes está o caso de dezenas de mulheres filiadas à “Ladies in With” (Damas de Branco) que foram violentadas fisicamente durante um culto de domingo pela manhã por agentes de segurança.

Outros líderes religiosos foram ameaçados de terem suas igrejas fechadas, confisco de imóveis, demolição de igrejas e até prisões temporárias.

“É angustiante ver um aumento tão significativo e sustentado de violações relatadas da liberdade religiosa em Cuba”, disse Mervyn Thomas, diretor da CSW. Segundo ele, o governo cubano tem se recusado a permitir que todas as organizações religiosas funcionem legalmente.

Thomas lembra o caso do reverendo Homero Carbonell que foi líder da Primeira Igreja Batista da cidade de Santa Clara que está exilado nos Estados Unidos depois de prestar serviços em Cuba por 50 anos.
Carbonell e sua igreja foram fortemente perseguidos pelo governo de Cuba que controlava todas as atividades e manifestações de fé. Acredita-se que a perseguição se dava pela recusa do religioso de cooperar na expulsão de membros dissidentes.

O reverendo batista se aposentou e hoje vive exilado nos Estados Unidos, mas a congregação ainda sofre pressão das autoridades. “Estamos profundamente tristes que o reverendo Carbonell, que dedicou grande parte de sua vida ao ministério dentro de Cuba, foi empurrado por perseguição do governo a ponto de ir para o exílio”, escreveu Mervyn Thomas no documento.

O diretor da CSW pediu que a comunidade internacional se manifeste pedindo mudança no comportamento de Cuba em relação à liberdade religiosa.

Fonte: Gospel Prime

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Ouro Preto: “Cine Gospel com Louvor e Pipoca” acontecerá neste sábado (16)

O evento será realizado no Teatro Municipal e está previsto para iniciar às 19h.

O Ministério de Louvor Dádiva, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, do bairro Jardim Tropical, de Ouro Preto do Oeste, vem sempre inovando em busca de proporcionar aos jovens membros daquela instituição religiosa momentos de alegria e descontração, provando que os jovens cristãos também podem se divertir.

E neste final de semana, o Dádiva estará realizando o evento intitulado: “Cine Gospel com Louvor e Pipoca”, que acontecerá neste sábado (16) com início previsto para as 19h, nas dependências do Teatro Municipal, localizado na Praça da Liberdade, ao lado do Quartel do Corpo de Bombeiros.




Fonte: Gazeta Crental

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Família muçulmana conhece Jesus através de sonhos

Família muçulmana conhece Jesus através de sonhos


Essa é a história de uma família que vive em uma pequena aldeia, localizada em um dos países muçulmanos mais fechados do mundo. Com a intenção de proteger esses cristãos, essas histórias muitas vezes não são contadas.

Deus não enviou um evangelista, mas falou com eles através de sonhos, o mesmo sonho. E, depois, a Portas Abertas foi capaz de reunir-se com os novos crentes e proporcionar-lhes Bíblias e discipulado, para que eles pudessem continuar a avançar no reino de Deus.

Vinda de um islamismo tradicional, a família toda vestia preto, como a tradição xiita ordena. De vida simples, falando sua própria língua, dialeto dessa região, os idosos não aprenderam a ler ou escrever, e, claro, não puderam passar tal habilidade para seus filhos ou netos. Como uma família assim poderia conhecer o Evangelho?

Mas para Deus nada é impossível!
Tudo começou quando o pai dessa família morreu. Esposa e filhos lamentaram seu falecimento e, após o período de luto, o filho mais velho assumiu o comando, uma tarefa que levou muito a sério. Além de ser o primogênito, ele era o filho mais forte e mais alto. Em uma tradição agrícola, era visto como a pessoa mais preparada para manter a fazenda funcionando.

Nesse período, o filho teve um sonho em que seu pai falava com ele. No sonho, o pai lhe contava que havia sonhado com Jesus antes de morrer. O filho, em seguida, viu o pai deitado no hospital. A porta do quarto do hospital foi aberta e Jesus apareceu para o pai doente, em seu leito de morte. Jesus disse àquele homem: “Se você acreditar em mim, dar-lhe-ei a verdadeira vida.” O filho ouviu quando seu pai respondeu: “Sim, eu creio no Senhor, mas, por favor, vá até meus familiares. Eu tenho uma família numerosa que precisa te conhecer.” Após essa conversa, o pai entregou sua vida a Jesus e partiu em paz.

O sonho causou uma profunda impressão naquele jovem e, por isso, ele convocou toda a família para uma reunião. Sua irmã mais nova, no entanto, se recusou a participar. Nos países muçulmanos, as mulheres têm de ouvir e obedecer não só aos seus pais, mas também aos seus irmãos. Compreensivelmente irritado, o então chefe da família foi tirar satisfação com sua irmã: “Por que você não me obedeceu? Você tem que aceitar o meu convite. Eu sou seu irmão.” Ela, então, respondeu-lhe que estava com medo. “Por quê?”, perguntou o irmão. “Eu tive um sonho especial”, ela respondeu. Ela continuou a compartilhar sobre como ela viu seu pai conhecer Jesus em um sonho. O filho ouviu espantado enquanto sua irmã contava exatamente o mesmo sonho dele!

Na reunião de família, tanto o filho mais velho como sua irmã compartilharam seus sonhos com outros familiares, que, após o relato, aceitaram a Jesus como Salvador. O filho, então, decidiu que eles precisavam de cinquenta Bíblias para ler mais sobre sua nova fé. Mas onde encontrar cinquenta Bíblias, quando você vive em um país muçulmano fechado?

Quando isso aconteceu, o filho ouviu falar sobre uma loja em uma cidade próxima que aparentemente possuía Bíblias para vender. Ele, então, viajou assim que pôde para essa cidade, para visitar a loja. Quando finalmente chegou, o lojista disse que ele não poderia ajudá-lo com um grande número de Bíblias, mas apresentou alguém que poderia ajudar.


Essa terceira pessoa foi outro cristão, alguém a quem Deus havia preparado e enviado para discípular essa família. Depois que eles se encontraram e de ele ter sido capaz de dar à família a Palavra de Deus, ele disse ao filho mais velho: “O Senhor está com você e com sua família. Ele vai ensiná-lo e, se você precisar de alguma ajuda, nós estaremos aqui para ajudá-lo.”

Fonte: Cacoal Gospel

Monte atrai evangélicos em busca de cura

Monte atrai evangélicos em busca de cura
Monte atrai evangélicos em busca de cura

É costume de muitas igrejas evangélicas fazer vigílias de oração em locais altos, chamados comumente de montes.  O “monte da cordinha”, bastante conhecido na região de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), atrai diariamente centenas de evangélicos. Eles buscam um encontro com Deus no local isolado, onde fazem suas orações e leitura da Bíblia.

Sem nenhuma construção no local, contando apenas com bancos de pedra, madeira e bambu, são 12 clareiras espalhadas na mata, onde normalmente são realizados os cultos. Por vezes são grupos de até cem pessoas, acompanhados por pastores. Há quem prefira ir sozinho.

Em geral, os fiéis, na maioria pertencestes a igrejas pentecostais, sobem até o alto do monte durante a noite. Muitos levam colchas e sacos de dormir para se sentarem na mata. Há quem passe várias noites e dias no local orando.

A trilha de cerca de 300 metros até o cume é estreita e íngreme. Mesmo assim, muitos doentes costumam ir até lá em busca de cura espiritual.

A enfermeira Francine de Arruda da Silva, 38, testemunhou a Folha de SP: “Quando fui, tinham medo que eu pudesse cair e despencar de lá, mas fui com um propósito e cheguei”. Curada de síndrome do pânico, conta que não queria ficar viciada nos fortes remédios que lhe foram prescritos. “Então, resolvi ir ao monte pedir pela minha saúde e desci curada”, comemora.

Givaldo Lima, que é pastor em Jardinópolis, costuma ir com fiéis até o local e acredita que se trata de um local “abençoado”.

O monte fica em uma área particular. O apelido de “cordinha” veio por causa de uma corda amarrada a troncos de madeiras que forma um corrimão improvisado, ladeando o caminho até o cume do monte.

Fonte: Gospel Prime

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Seria o ebola a praga do apocalipse? Teólogos debatem o assunto


Seria o ebola a praga do apocalipse? Teólogos debatem o assunto
O Ebola pode ser a praga do apocalipse? 

Desde que foi detectada a epidemia do vírus Ebola no oeste da África no último mês, uma série de anúncios polêmicos foram feitos. Enquanto os governos dos países mais afetados diziam que estava “tudo sob controle”, a OMS (Organização Mundial da Saúde) publicou um comunicado declarando o Ebola “uma emergência de saúde pública de alcance mundial”.

Pediu ainda “uma resposta internacional coordenada para frear e fazer retroceder a propagação internacional do ebola”. O anúncio de que essa é a epidemia “mais importante e mais severa” em quatro décadas, causou pânico em vários países africanos. O temor é que o vírus se espalhe para outros continentes, tornando-se uma pandemia. Não há vacina conhecida nem tratamento específico no mercado para a febre hemorrágica gerada pelo ebola, que mata em poucos dias.

Mais de 100 importantes líderes cristãos da Libéria começaram a afirmar que “Deus lançou o vírus mortal Ebola como uma praga sobre o país para punir atos imorais que ocorrem aqui, como a homossexualidade”. O Conselho de Igrejas da Libéria convocou uma campanha de oração pelo país, pedindo que os liberianos se arrependam de seus pecados e peçam livramento a Deus.

Nos Estados Unidos, o radialista Rick Wiles, que comanda um polêmico programa cristão, declarou que se for confirmada a pandemia do Ebola, isso “poderia ser um instrumento de Deus para destruir todos que ele considera imorais”. Enfatizou ainda que epidemia “é outro nome para a praga” e que “poderia resolver os problemas da América como o ateísmo, a homossexualidade, a promiscuidade sexual, a pornografia e o aborto”.

Willes fez um apelo “Se o Ebola se tornar uma praga global, é melhor você ter certeza de que o sangue de Jesus está sobre sua vida. É melhor ter certeza que você foi marcado pelos anjos para que esteja protegido por Deus”.

Obviamente esse tipo de afirmação gera muitas críticas, mas ele não está sozinho. O pastor Augusto Perez, um influente evangelista entre a comunidade latina, acredita que isso pode ser um “sinal apocalíptico”, mas não a praga descrita em Apocalipse, que será muito pior.

Jennifer LeClaire, editora da revista Charisma, e que escreve sobre profecia, escreveu em sua coluna esta semana “Eu não acho que esta é a primeira taça do julgamento. Mas acredito que é hora de a igreja se levantar e parar de ‘brincar de igreja’ aos domingo. Acredito que é hora de santos cair de joelhos em intercessão pelos perdidos. Acredito que é preciso interpretar os sinais dos tempos e darmos a resposta adequada”.

Os sintomas do ebola são febre, dores musculares, na garganta e na cabeça. Em seguida surge náuseas, vômitos, diarreia, insuficiência hepática e renal. Por fim ocorrem hemorragias internas e externas. Seu diagnóstico é difícil, pois no início se assemelha a uma virose comum. O contágio ocorre por contato com secreções e outros fluidos corporais.

Estudiosos de profecias apontam para o quadro atual do mundo. Recentemente, fortes terremotos mataram centenas e deixaram milhares feridos na China. Aumenta o conflito entre nações, com os conflitos entre Rússia e Ucrânia, além da guerra Israel e Palestina. Na Síria e Iraque, cristãos estão morrendo diariamente por não rejeitarem a sua fé.

Oferecer uma resposta definitiva é sempre perigoso, até mesmo por que na década de 1980, quando o vírus da AIDS era considerado epidêmico também foi chamado de “praga do apocalipse”, especialmente por que no início o maior número de vítimas eram gays. Com informações de Before Its News, Independent e Huffington Post

Fonte: Gospel Prime

Marco Feliciano critica PT e evangélicos “esquerdistas”


Marco Feliciano critica PT e evangélicos “esquerdistas”
Marco Feliciano critica PT e evangélicos "esquerdistas" 

Em 2010, o Deputado Federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP), apoiou a eleição da candidata petista Dilma Rouseff. Contudo, ao ser eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, enfrentou forte oposição dos mesmos petistas que antes eram seus aliados. Após algumas decisões do governo que contrariavam os compromissos assinados na época da eleição passada, o PSC como um todo saiu da base de aliados do governo.

Sendo assim, o partido lançou em 2014 pastor Everaldo como candidato a presidente e declarou-se oposição ao PT. Vários rumores surgiram nos últimos meses sobre um possível apoio de denominações evangélicas a Dilma. Oficialmente, apenas a Universal e seu braço político, o PRB, defendem sua reeleição. A maioria dos líderes evangélicos tem feito companha para que os cristãos não votem em nenhum candidato ligado ao PT.

Em maio, Feliciano deu uma entrevista onde negava que daria apoio a Dilma, lembrando que o governo o usou como “bode expiatório” enquanto deputados petistas envolvidos no mensalão assumiam cargos na Comissão de Constituição e Justiça. Afirmou que rompeu com o PT e que o partido “traiu toda a comunidade cristã brasileira”.

O motivo principal para a decisão de Feliciano foram as decisões relacionadas ao aborto, pois Dilma assinou em 2010 um documento comprometendo-se a não legalizar a prática no Brasil. Mas na prática isso não aconteceu.

Assim como Feliciano, outros integrantes da Bancada Evangélica que antes estavam ao lado de Dilma agora são contrários a ela e denunciam o discurso enganoso do PT nesta época de eleição. O senador Magno Malta (PR/ES) também se manifestou recentemente.

Malta publicou na internet um vídeo listando uma série de propostas do atual governo que enfrentaram resistência da Frente Parlamentar Evangélica, incluindo a legalização do aborto e a chamada “lei da palmada”. Também lembrou aos evangélicos que Carvalho os chamou de “cabeças ocas comandados por pastores de televisão” que os militantes petistas precisariam “tomar” as classe “C” e “D” dos pastores.  Por fim, o senador pediu respeito aos evangélicos, afirmando que eles não seriam enganados.

Esta semana, Feliciano voltou a usar as redes sociais para alertar os evangélicos sobre a aproximação dos petistas nesta época de campanha atrás de votos desse segmento. Usando a palavra “denúncia”, o deputado criticou o comitê evangélico criado para buscar esse apoio.

Feliciano afirmou que foi “otário” quando participou de esforço semelhante em 2010, mas isso se revelou uma “mentira”.  Esclareceu que o governo usa o termo “profilaxia da gravidez” para fugir do termo aborto e aprovou a portaria 415 prevendo que o SUS pagaria cerca de R$ 400,00 por procedimentos abortistas.

Somente com um esforço da Bancada Evangélica foi possível reverter isso. Mas um projeto “cavalo de Tróia” acabou liberando a prática de forma velada. Além disso, é sabido que o governo atual conseguiu de forma extra-oficial tornar legal a união civil de homossexuais

Feliciano também criticou os evangélicos “progressistas” ou “esquerdistas” que apoiam todas essas propostas do PT. Denunciou que essas pessoas que se apresentam como representantes dos evangélicos receberam “uma fortuna” para isso. “Vote em pessoas que pensam como você. É a chance que temos… por que essas leis podem beneficiar o povo ou desgraçar a vida do povo”. “Precisamos mudar e a mudança é não votar na presidenta Dilma e não votar no PT”, encerrou.

O vídeo foi compartilhado milhares de vezes no Facebook e tem gerado polêmica, com muitas pessoas fazendo eco ao pedido do pastor.

Assista:





Fonte: Gospel Prime

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Missionários são presos na China e podem pegar pena de morte


Missionários são presos na China e podem pegar pena de morte

Esta semana, um casal foi preso na China, acusado de roubar “segredos de segurança nacional”. Essa poderia ser apenas mais uma história dentro do tumultuado cenário político chinês, onde o governo faz terrorismo com a população o tempo todo. O detalhe é que Pequim vem aumentando a repressão nos últimos meses contra as igrejas cristãs em todo o país.

Na terça-feira, as autoridades detiveram o casal de canadenses Kevin Garratt (54) e Julia Dawn (53) Garratt. Embora o governo diga que eles “são suspeitos de reunirem e roubarem material secreto sobre, entre outras coisas, os objetivos militares chineses e importantes projetos de investigação no âmbito da defesa nacional”, na verdade os dois são missionários evangélicos.

A família Garratt mora na China desde 1984, e desde 2008 mantinham uma cafeteria em Dandong, na fronteira com a Coreia do Norte. Da cidade de Dandong partem muitas excursões organizadas para a Coreia do Norte e acaba sendo o local por onde entram os refugiados norte-coreanos. Por isso o casal a escolheu para abrir um centro cristão e um local para treinar outros missionários com foco na Coreia do Norte.

Segundo o Código Penal chinês, a pena prevista por espionagem é no mínimo dez anos de prisão e em alguns casos, o acusado pode ser condenado a morte. O primeiro-ministro canadense, Steven Harper, já anunciou que vai à China, mas o governo chinês não tem divulgado detalhes sobre a prisão e o processo. Os missionários estão incomunicáveis até o momento.

Simeon Garratt (27), filho do casal detido, afirma que não consegue entender por que seus pais foram presos depois de trabalhar por três décadas no país. “É uma história absurdamente louca. Não faz sentido para mim.” Ele conta que não era segredo na cidade que seus pais eram cristãos e na cafeteria Peter´s Coffe Shop, música cristã era tocada continuamente.

Com a divulgação da prisão, a imprensa revelou a gravação de material usado pelos missionários para divulgar nas igrejas canadenses o seu trabalho na China. “Temos nossa base na China e nosso foco na Coreia do Norte, mas estamos centrados em Jesus”, disse Kevin numa mensagem divulgada recentemente.

Ele contou aos membros da igreja que tinham Bíblias disponíveis na cafeteria e mostrou um poster colocado no local que dizia: “Deixe sua fé ser maior que o seu medo”. Revelou também que eles recebiam no local norte-coreanos que fugiam do país vizinho e muitos se converteram em Dandong, aceitando voltar para seu país e atuar como missionários.

Kevin contou ainda para os presentes no culto que era preciso orar mais pela pregação do evangelho na Coreia do Norte, o lugar mais fechado da Terra para o evangelho.

A agência de Notícias chinesa Xinhua afirmou que o departamento de segurança da China está “investigando o caso”, mas em nenhum momento faz menções às atividades religiosas dos Garratt. Também não se sabe se a prisão dos canadenses foi a pedido do governo norte-coreano. A China é praticamente o único parceiro comercial da Coreia do Norte e o grande apoiador do regime, que persegue cristãos. Com informações de Daily Mail.


Fonte: Gospel Prime

Pastor é preso no Irã acusado de fazer “guerra contra Deus”

Acusações podem render-lhe pena de morte

Pastor é preso no Irã acusado de fazer “guerra contra Deus”
Pastor é preso no Irã acusado de fazer "guerra contra Deus"

Quando Hassan Rouhani tornou-se presidente do Irã no ano passado, o mundo comemorou. Afinal, ele prometia um governo “moderado”. Contudo, o contínuo aumento no número de execuções por motivos religiosos, mostra que os cristãos correm cada vez mais perigo.

Foram oito homens executados em 2014, acusados de fazer “guerra contra Deus”. Para os muçulmanos, o cristianismo é uma maneira de se guerrear contra Alá (Deus, em árabe) e a revelação dada ao profeta Maomé. O caso mais recente é o do pastor Matthias Haghnejad. Oficialmente, o governo diz que ele é culpado de  “moharebeh” (inimizade contra Alá), um crime que pode ser punido com a morte.

Dia 5 de julho, membros das forças de segurança iranianas invadiram sua casa em Bandar Azali, norte do Irã, e confiscaram Bíblias, panfletos e seu computador pessoal. Ele ainda terá que pagar multa. Em 2011 e 2012, Haghnejad e outros líderes cristãos foram presos, acusados de fazerem “propaganda contra o Estado”, mas saíram da cadeia algum tempo depois. Agora as acusações são mais sérias.

A missão Christian Solidarity Worldwide, que trabalha dando apoio a cristãos perseguidos, relata que Haghnejad foi interrogado no Tribunal Revolucionário de Karaj durante duas horas antes de ser preso. Não foram divulgados os motivos, mas o provável é que ele tenha sido denunciado pela família de algum muçulmano que se converteu a Jesus.

Juntamente com o pastor, foram presos dois cristãos, Mohammad Roghangir e Suroush Saraie, mas as acusações contra eles não são claras.  Existem vários outros pastores presos no Irã que sofrem torturas e são forçados continuamente a negar a sua fé.

O caso mais famoso é o de Saeed Abedini, 33, preso desde setembro de 2012, que foi condenado a oito anos de prisão. Existe uma campanha internacional pedindo por sua libertação e o fim da perseguição aos cristãos. No Brasil, o pastor Marco Feliciano fez uma mobilização em favor do pastor.

No Irã, a evangelização é proibida, sendo chamada de “ação contra o Estado” e “ação contra a ordem nacional”, tendo status de crime de segurança nacional. O Estado é islâmico e totalitarista, não admitindo contestação contra o profeta Maomé ou Alá (termo árabe para Deus).

O cristianismo foi banido desde a revolução islâmica, em 1979, bem como qualquer oração que não seja feita a “Alá”. O novo Código Penal Islâmico, que entrou em vigor em 2013, proíbe a pena de morte para “moharebeh”. Mas as pessoas  acusadas ​​deste crime se queixam de terem sido torturadas para extrair confissões falsas, não terem assistência jurídica e passaram por julgamentos injustos, feitos sem a presença de testemunhas.

O presidente-executivo da Christian Solidarity, Mervyn Thomas, disse: “Pedimos ao governo do Irã para acabar com a perseguição ao pastor Matthias… Sua prisão é injustificável, implausível e equivale a uma acusação ao próprio cristianismo. Trata-se de uma preocupante escalada da perseguição aos cristãos do Irã com sérias violações da liberdade religiosa”. Com informações de Charisma News

Fonte: Gospel Prime


quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Motorista perde controle da direção e carro capota dentro do rio esmeril com vitima fatal

Motorista perde controle da direção e carro capota  dentro do rio esmeril com vitima fatal

Nesta Terça feira 05 de agosto de 2014 aproximadamente as 19:00 horas,  acontece mais uma fatalidade na cidade de Mirante da Serra,  linha 81 km 68, com duas vitimas:

 O irmão Daniel Ferreira de Souza  aproximadamente  40 anos que conduzia o veiculo sendo um Voyage de cor prata e placa NCH 9049  (VITIMA FATAL).
 Franciel Rodrigues de Sousa  19 anos  ( VITIMA NÃO FATAL).


Segundo Franciel, (sobrinho da vitima), eles estavam voltando pra casa e a estrada estava boa, porem, com muita areia e cascalho solto, o tio foi fazer a curva, perdeu o controle do veículo quando avistou  a ponte ainda tentou frear, mas o carro bateu de frente na lateral da ponte.

 Franciel conseguiu abrir a porta do veículo e sair, ainda tentou ajudar o tio, a água subindo e a agonia não facilitou o resgate pois o mesmo não conseguiu destravar o sinto de segurança que estava prendendo o motorista.

A policia militar que estava de plantão os PMS ROCHA, JATOBA e ANDRE acionou o corpo de Bombeiro de ouro preto do Oeste e a Pericia da cidade de ji-paraná.


  • Image00007
  • Image00006
  • Image00005
  • Image00004
  • Image00003
  • Image00002

  • Image00001


  • Fonte: Ouropretocristão 



    Grupo judeu começa arrecadação para construção do Terceiro Templo

    Grupo judeu começa arrecadação para construção do Terceiro Templo
    Começa arrecadação para construção do Terceiro Templo

    Mesmo em meio a guerra atual com o Hamas em Gaza, os membros do Instituto do Templo continuam com sua campanha mundial pela reconstrução do Beit HaMikdash (Templo Sagrado), também chamado de Terceiro Templo.

    Ele recebe esse nome por que o original, edificado por Salomão, terminado em cerca de 950 a.C. foi destruído na invasão babilônica em 586 a.C., sendo substituído pelo Templo construído pelo governador Herodes, que estava em pé nos dias de Jesus, e foi demolido no ano 70 pelo exército romano.

    No ano passado, o movimento pela reconstrução ganhou novo fôlego, quando foram retomados os sacrifícios rituais no local, depois novos sacerdotes levitas foram treinados pelos rabinos para recomeçar os rituais descritos no Antigo Testamento, incluindo os que exigem a novilha vermelha. Por fim, anunciou-se que todas as 102 peças do interior do templo estão prontas, incluindo o véu de separação do Santo dos Santos.

    A única peça faltante é a arca da aliança, que os rabinos acreditam estar enterrada no monte do Templo e que poderia ser recuperada assim que Israel retomar controle do local.

    Nos últimos 30 dias o mundo tem pedido paz para Israel e o Instituto do Templo lançou uma campanha de arrecadação online, onde qualquer pessoa pode contribuir com a solução definitiva para o conflito segundo eles. Mas a solução proposta não irá agradar os muçulmanos, pois se trata de mais uma etapa da reconstrução do Templo.

    Na página do projeto no site IndieGoGo, o texto de apresentação diz que a partir de 18 dólares [cerca de R$ 40] é possível colaborar com o projeto de reconstrução do Templo, que irá inaugurar “uma nova era de harmonia e paz universal”. Usando a premissa de que o local mais sagrado para os judeus foi concebido pelo próprio Deus, afirma “Não é o suficiente esperar e orar pelo Terceiro Templo. É uma obrigação bíblica construí-lo”.

    O projeto arquitetônico já existe e mescla a revelação dos textos sagrados com a tecnologia moderna. O novo Templo será totalmente informatizado, contando com estacionamento subterrâneo, controle de temperatura, elevadores, docas para transporte público, acesso para cadeirantes e outras comodidades.

    O Instituto do Templo garante que seus arquitetos são estudiosos da Torá e “irão garantir que tudo é construído com os mais altos padrões modernos, seguindo as leis judaicas”. O alvo da arrecadação do IndieGoGo é de 100 mil dólares, sendo que 30 mil irão para o Sinédrio (Lishkat HaGazit). Obviamente o custo total é muito maior, mas a intenção do Instituto do Templo é abrir a oportunidade para pessoas de todo mundo contribuírem.

    Um vídeo em 3D mostrando os projetos arquitetônicos foi divulgado, o qual dá uma visão do aspecto do templo num cenário onde o Domo da Rocha, sagrado para os muçulmanos, já não existe mais.


    Os criadores da campanha esclarecem que a construção do Templo não será realizada com o uso de violência e que seu acesso não será restrito apenas a grupos judaicos, mas seguirá o plano original, sendo uma casa de oração para todos os povos da Terra. Afirmam ainda que “Conforme foi previsto pelos profetas, o Templo Sagrado representa a santidade da vida humana e da paz e será o centro de uma peregrinação inspiradora para todas as pessoas”.

    Fonte: Gospel Prime

    Assembleia de Deus no Ceará comemora centenário com batismo de 3 mil fiéis


    Assembleia de Deus no Ceará comemora centenário com batismo de 3 mil fiéis
    (Foto: Mauri Melo/O POVO)

    Domingo (3) foi um dia marcante para os fiéis da igreja Assembleia de Deus no Ceará. Ao comemorar 100 anos de trabalho no Estado, a denominação realizou um grande batismo na Praia de Iracema, em Fortaleza.
    O batismo coletivo reuniu as igrejas da capital cearense e região, foram mais de 3.000 novos convertidos que se batizaram dando início às festividades do centenário que vão durar até o final de setembro.

    Entre os batizados estavam homens e mulheres de diversas idades, todos eles vestidos com batas brancas exalando emoção e fé. A reunião teve momentos de louvor e oração, um culto a céu aberto coordenado pelo pastor Antônio José Azevedo Pereira, presidente da igreja AD Templo Central.

    Durante a reunião, o pastor, que é líder da Assembleia de Deus em Fortaleza, destacou a comemoração dos 100 anos de trabalhos da denominação no Ceará e também celebrou a quantidade de novos convertidos que ao se batizarem formavam a “geração do centenário”.

    “É uma celebração gloriosa do maior dom que Deus concedeu aos homens e mulheres: a vida eterna”, disse ele segundo o jornal O Povo. O pastor explicou que o batismo é um rito de ingresso do fiel na vida nova em Cristo, parabenizando quem tomou a decisão de descer às águas do batismo.

    O religioso destacou a missão da igreja que nesses 100 anos vem desenvolvendo um trabalho de evangelização e transformação de vidas, ele comentou que a missão da igreja é contextualizar o que acontece no mundo, mas sempre seguindo os princípios da palavra de Deus.

    Fonte: Gospel Prime

    sate da radio

    sate da radio
    "Evangelizando Povos e Nações"