chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Justiça anula desligamento de Samuel Câmara da CGADB

A Mesa Diretora terá que reintegrar o pastor ao seu quadro correndo o risco de ser multada

Justiça anula desligamento de Samuel Câmara da CGADB
Justiça anula desligamento de Samuel Câmara da CGADB

O desligamento do pastor Samuel Câmara da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) foi anulado pela justiça do Estado do Amazonas nesta quarta-feira (26).

A decisão da Mesa Diretora havia excluído o pastor da AD de Belém (PA) por suposta quebra de decoro, mas a decisão assinada pelo juiz José Renier da Silva Guimarães suspendeu e reintegrou Câmara no quadro de pastores da convenção.

Além disso, ficou determinado o pagamento de uma multa no valor de R$20.000,00 para cada dia que a Mesa Diretora demorar em revogar a primeira decisão.

Samuel Câmara foi desligado no mês de maio depois de uma reunião do Conselho de Ética e Disciplina que julgou as ações de quebra de decoro cometidas pelo pastor e outros aliados durante a AGE que aconteceu em 2012 no estado de Alagoas.

Os pastores Sóstenes Apolos, Jônatas Câmara e Ivan Bastos também foram acusados, mas não chegaram a ser julgados. Sóstenes estava doente e veio a falecer, Jônatas também alegou motivos de saúde e não compareceu no julgamento. Já Bastos só poderá ser julgado durante uma Assembleia Geral Ordinária porque ele foi eleito como 1º Tesoureiro da Mesa.

A justiça também precisou interferir na data destes julgamentos que estavam marcados para acontecer em janeiro deste ano, meses antes da eleição da CGADB. Como os pastores acusados estavam concorrendo a cargos dentro da convenção, a justiça do Amazonas adiou a reunião do Conselho que aconteceu um mês após as eleições.

Fonte: Gospel Prime

Feliciano crê que “cura gay” não passa e vê deboche contra evangélicos

O governo atendeu aos pedidos dos manifestantes de todo o país, menos dos 70 mil que se reuniram em Brasília no dia 5 de junho.

Feliciano crê que “cura gay” não passa e vê deboche contra evangélicos
Feliciano crê que "cura gay" não passa e vê deboche contra evangélicos

Através do Twitter, o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) se pronunciou sobre a votação do PDC 234/2011, chamado de ‘cura gay’, que vai acontecer na próxima semana na tentativa de barrar e enterrar a proposta do deputado João Campos (PSDB-GO).

Como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, Feliciano administrou os debates da proposta que foi votada pelos integrantes da comissão sendo aprovada. No processo normal o projeto passaria ainda por duas comissões antes de chegar ao Plenário, mas por conta das manifestações populares o presidente da Casa, Henrique Alves (PMDB-RN), conseguiu adiantar a votação.

Para Feliciano a tentativa do deputado peemedebista é de humilhar os evangélicos que são considerados como preconceituosos, fundamentalistas e homofóbicos. Se sentindo vítima de preconceito por ser evangélico, o deputado reclamou que os manifestantes que estiveram em Brasília no dia 5 de junho não tiveram o mesmo tratamento que os demais.

“A presidenta Dilma se reuniu com a CNBB e a OAB; o presidente Henrique Alves se reuniu com diversos representantes e irá atender os pleitos. E nós? Onde Ficamos? Como ficamos? No limbo do esquecimento cobertos pelo preconceito religioso, humilhados, esquecidos”.

Organizada pelo pastor Silas Malafaia, a manifestação pacífica reuniu 70 mil pessoas, que defendiam a família tradicional, a não liberação do aborto, a não liberação das drogas, a prisão dos deputados envolvidos com o mensalão e a liberdade religiosa e de expressão.

Não houve tentativa de negociação com os evangélicos, mas com os demais líderes populares o governo aceitou conversar e se movimentou para atender suas reivindicações.

A votação da semana que vem sobre o PDC 234/2011 faz parte desse processo do governo de evitar novos protestos pelo país. “Covardia! Nós sempre soubemos que este projeto não passaria, pois o PT e outros tem maior número e derrubariam o projeto na Seguridade e na CCJC, pois eles têm uma maioria esmagadora, mas pra eles não basta derrubar um projeto de um evangélico, é preciso humilhar”, desabafou.

Em um vídeo divulgado por sua assessoria, Marco Feliciano explica que o PDC 234/2011 entrou em pauta por ser o único projeto que já tinha uma relatoria pronta. Ao falar sobre a proposta de João Campos, Feliciano diz que não se trata do paciente, mas dos profissionais de psicologia que são impedidos de atuar quando o assunto é o homossexualismo.

Fonte: Gospel Prime

II Avivamento em Cristo tem início hoje (28) em Ouro Preto do Oeste



A Igreja Evangélica Assembleia de Deus (IEAD) realizará nesta sexta, sábado e domingo (28, 29 e 30/06) o II Avivamento em Cristo. Na primeira noite, o encontro acontecerá nas dependências do templo da Assembleia, localizado na Avenida Ademir Ribeiro; já nos demais dias, ocorrerá na quadra de esportes da Escola Aurélio Buarque, situada à Rua Mário Andreazza, nº 426, bairro Jardim Aeroporto, em Ouro Preto do Oeste.

Esse evento grandioso que começa hoje promete proporcionar a seus visitantes um verdadeiro encontro com Deus, com muito louvor e adoração.  A organização é do conjunto de jovens Novo Viver.

Abrilhantarão a adoração a Cristo os cantores Nilson Brito e Claudete Alonso, além da participação especial do Grupo Vida e de cantores regionais. A Palavra será ministrada pelos Pastores José Pocidônio e Roberto de Carvalho.




quinta-feira, 27 de junho de 2013

PSDB critica projeto de João Campos e chama “cura gay” de retrocesso

O partido entendeu que o PDC 234 estaria afirmando que o homossexualismo é doença.

PSDB critica projeto de João Campos e chama “cura gay” de retrocesso
PSDB critica projeto de João Campos e chama "cura gay" de retrocesso

Por meio de uma nota o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) criticou a proposta do deputado João Campos, filiado do estado de Goiás, dizendo que o PDC 234/2011 que susta partes do código de ética do Conselho Federal de Psicologia (CFP) é um retrocesso.

O que o PSDB entende é que ao retirar o artigo que impede os psicólogos de atender homossexuais insatisfeitos com a orientação sexual, o Projeto de Decreto Legislativo estaria classificando a homossexualidade como doença ou desordem psíquica.

“O partido entende que a proposta, conhecida como “Cura Gay”, representa grave retrocesso nos avanços ocorridos no país para reconhecimento pleno dos direitos humanos e contraria resoluções do Conselho Federal de Psicologia e da Organização Mundial de Saúde (OMS), que, desde 1999, rejeitam a classificação da homossexualidade como doença ou desordem psíquica”, diz a nota.

Em defesa de seu projeto, o deputado João Campos afirma que não se trata sobre o paciente, mas sobre a liberdade do profissional de atuar. “No PDC 234 defendo a autonomia do profissional de psicologia. A resolução do CPF ofende o inc. XIII do artigo 5º da CF”, disse através de seu Twitter.

“A Resolução do CFP trata psicólogos e homossexuais como cidadãos menores. Desrespeita-os. A decisão da CDHM corrige isso”, completou o deputado na semana que o PDC 234/2011 havia sido aprovado na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Pelo andamento dos processos, antes de ir ao Plenário da Câmara, o projeto do deputado evangélico teria que passar por mais duas comissões, mas as artimanhas políticas para impedir novos protestos pelo país encurtarão esses caminhos para que o PDC 234/2011, chamando erroneamente de “cura gay”, seja derrubado com o voto dos deputados federais.

Fonte: Gospel Prime

Comercial de TV usa o “diabo” para incentivar educação

Em 2003 a mesma campanha da empresa tratou sobre violência e abuso infantil, este ano a proposta é falar sobre educação.

Comercial de TV usa o “diabo” para incentivar educação
Comercial de TV usa o diabo para incentivar educação

A rede RBS está lançando uma campanha com foco na educação para crianças usando cinco monstrinhos e seus filhos. Os personagens escolhidos já foram usados em uma campanha de 2003 que são: Bicho-Papão, a Mula Sem Cabeça, o Diabo, a Bruxa e o Boi da Cara Preta.

Através de cartazes e vídeos, os personagens enviarão mensagens de incentivo dentro do tema “Educação para as crianças”. O objetivo da empresa em usar esses desenhos é engajar o público como explica o presidente do Conselho de Administração do Grupo RBS, Nelson Sirotsky.

“Acreditamos que, ao trazer de volta personagens tão queridos, vamos engajar um público mais amplo, especialmente as crianças e os adolescentes, sem perder a consistência de conteúdo que requer esse assunto tão relevante para o desenvolvimento do nosso país”, disse ele.

Os temas desta campanha serão: Educação para crianças, Toda criança na escola, O papel dos pais na educação, Os professores e o espaço da escola e Educação, compromisso de todos. Cada personagem, juntamente com seu filhote, representará um desses temas.

“A educação abre as portas para um mundo de inovação e conhecimento e é o que faz diferença e dá condições de realização na vida das pessoas. Com os monstrinhos, queremos conquistar a adesão da comunidade para essa bandeira”, disse o presidente-executivo da empresa, Eduardo Sirotsky.

A campanha de 2003 que usou os mesmos personagens teve uma resposta positiva, o tema abordado na época era “O amor é a melhor herança. Cuide das crianças” e tratava, entre outras coisas, sobre a violência e o abuso infantil. Com informações Clic RBS.


Assista:

Fonte: Gospel Prime

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Cristã é torturada e presa na Somália

Cristã sendo torturada na Somalia
Uma cristã na Somalia é torturada e presa. (foto ilustrativa)

Uma mulher cristã que pertence há mais de 10 anos a igreja subterrânea na Somália, foi capturada no dia 27 de maio, onde foi espancada, interrogada e torturada pelas autoridades somalis, que garantem que ela ficará presa por três meses. Seu atual paradeiro é desconhecido e as autoridades não informam aonde ela esta presa.

Os cristãos somalis passaram a serem clandestinos e realizarem seus cultos religiosos em lugares secretos após os grupos islâmicos, como Al-Shabab, declararam abertamente que vão libertar a Somália de todos os cristãos.

Segundo o site Acontecer Cristiano, 99,7% da população da Somália, ou seja, cerca de 8 milhões de pessoas são muçulmanos,  e os cristãos são apenas 0,3% da população.

A Somália não tem um governo funcional desde 1991, e tem experimentado por mais de 10 anos um continuo conflito, especialmente contra os cristãos, sendo considerado o país mais corrupto do mundo.

O Islã Sunita é a única religião oficial da Somália e não existe liberdade religiosa, pois qualquer que seja outra religião é estritamente proibida no país. Existe uma crença generalizada entre sua população de que todos somalis nascem muçulmanos, sendo assim os cristãos são alvos constantes de ataques islâmicos.

Fonte: Portal Padom

Futuro presidente do Brasil virá da Batista da Lagoinha, diz profetiza

Cindy Jacobs relatou uma profecia que lançou sobre um homem na Costa Rica e anos mais tarde recebeu a ligação, pois aquele homem se elegeu e queria falar com ela.

Futuro presidente do Brasil virá da Batista da Lagoinha, diz profetiza
Futuro presidente do Brasil virá da Igreja Batista da Lagoinha

Durante sua visita ao Brasil para participar do 14º Congresso de Louvor Diante do Trono, a conferencista Cindy Jacobs esteve ministrando na Igreja Batista da Lagoinha entregando uma profecia dizendo que daquela igreja sairia um presidente.

“Tem um presidente vindo desta igreja”, disse a americana que estava sendo interpretada pelo pastor André Valadão que se emocionou com a profecia.

A profetiza contou que tem muitas histórias com presidentes, lembrando que em uma ministração na Costa Rica ela passou por um homem que estava em uma cadeira de rodas e Deus pediu para que ela voltasse e falasse para ele que Deus estava mandando dizer que ele seria o próximo presidente.

Anos mais tarde ela recebeu o telefonema dos assessores do presidente da Costa Rica pedindo para que ela se encontrasse com ele. “Aquele homem que eu profetizei era o presidente e queria me ver”.

Jacobs profetizou que a IBL será um centro do renascimento. “Quando eu digo que Deus trará um presidente desta igreja você pode acreditar nesta palavra”, disse ela.

Foi Cindy Jacobs quem profetizou a queda da corrupção no Brasil dizendo que Deus levantaria uma geração de “Joãos Batistas” que se levantariam para denunciar os erros do governo. A pregação e a profecia aconteceram em março deste ano.

Assista:

Fonte: Gospel Prime

Papa não vê evangélicos como ameaça, diz autora da biografia de Francisco

A escritora também comenta sobre as mudanças que o líder da Igreja Católica poderá promover.

Papa não vê evangélicos como ameaça, diz autora da biografia de Francisco
Papa não vê evangélicos como ameaça, diz biógrafa

A argentina Evangelina Himitian lançou uma biografia do papa Francisco contando detalhes da atuação de Jorge Mario Bergoglio enquanto padre e arcebispo em Buenos Aires. Himitian é filha de pastores e conversou com a reportagem do Estado de São Paulo dizendo que para o novo líder da Igreja Católica os protestantes não são uma ameaça, pelo contrário, na Argentina ele sempre manteve boa relação com os líderes evangélicos.

“Eu não creio que, para este papa, o crescimento da igreja evangélica seja uma ameaça para a Igreja Católica”, disse ela que formatou o livro 15 dias após o conclave.

Evangelina Himitian diz que para o novo papa o maior inimigo da igreja é o distanciamento das pessoas da vida cristã. “Obviamente, Francisco não fará proselitismo religioso em favor dos evangélicos, mas ele não estará preocupado em reaver esses católicos”, disse a autora se referindo aos católicos brasileiros que se tornaram evangélicos.

Quando servia em seu país, Bergoglio teve grande participação para o crescimento do ecumenismo. Sua relação com líderes evangélicos era tão grande que por muitas vezes ele enviava suas homilia para que pastores avaliassem os sermões.

Himitian também faz algumas previsões das mudanças que o papa Francisco poderá promover na Igreja.

“Do que se conhece de Bergoglio, pode haver uma maior abertura em relação ao celibato. Particularmente em relação aos padres, sua opinião é a de que não seria um problema se eles fossem casados”, disse.
Outros pontos que poderão ser alterados com a entrada de Francisco são o batismo de crianças geradas fora do casamento e a comunhão de divorciados. “Francisco não vai aprovar o divórcio, mas deve propor uma forma de a Igreja receber e incluir essas pessoas”, esclarece a autora.

Quanto ao casamento gay não se espera mudanças, pois o papa já se mostrou contrário a união de pessoas do mesmo sexo. “Sua postura é muito conservadora, ele entende que isso contraria os ensinamentos bíblicos”, disse ela citando também o aborto.

Fonte: Gospel Prime

terça-feira, 25 de junho de 2013

Ônibus com caravana de evangélicos cai e deixa 9 mortos e 22 feridos

O acidente aconteceu no extremo-oeste de Santa Catarina, os fiéis seguiam para a cidade de Horizontina, no Rio Grande do Sul.

Ônibus com caravana de evangélicos cai e deixa 9 mortos e 22 feridos
Ônibus com evangélicos sofre acidente e deixa 9 mortos e 22 feridos

Na manhã do último sábado (22) um ônibus que transportava fiéis despencou de uma ribanceira na rodovia SC-386, entre as cidades de Mondaí e Iporã do Oeste, em Santa Catarina, deixando nove mortos e 22 pessoas feridas.

O veículo da empresa Transbrasil levava 37 fiéis para a cidade de Horizontina, no Rio Grande do Sul, onde aconteceria um encontro religioso, mas ao fazer uma curva acentuada o ônibus saiu da pista, tombou, se chocou com uma pedra e desceu uma ribanceira de aproximadamente 40 metros.

Os feridos em estado mais grave foram socorridos no Hospital Regional de São Miguel do Oeste, a aproximadamente 30 quilômetros do local do acidente. Os demais foram encaminhados para os hospitais de Iporã do Oeste, Itapiranga e Mondaí.

Testemunhas relataram que várias vítimas foram arremessadas para fora do coletivo durante a queda. Para facilitar o resgate das vítimas a Polícia Militar bloqueou o acesso de veículos na rodovia na altura do quilômetro 10.

Segundo o major Cegalin, da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o cenário encontrado pela polícia era de guerra. “Pessoas espalhadas pelo chão, pedaços de ônibus, mata, barro, chuva. O atendimento foi muito difícil”, disse ele.

O resgate precisou de 12 ambulâncias, veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Oeste Catarinense precisaram auxiliar no atendimento por conta da quantidade de feridos. Com informações R7.

Fonte: Gospel Prime

Marco Feliciano critica mídia e diz que não existe “cura gay”

O deputado falou sobre sua atuação na Comissão de Direitos Humanos e Minorias durante a votação do PDC 234/2011.

Marco Feliciano critica mídia e diz que não existe “cura gay”
Marco Feliciano critica mídia e diz que não existe "cura gay"

Nas redes sociais e também nas ruas o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) tem sido criticado por conta do PDC 234/2011 chamado pejorativamente de “cura gay”. Para tentar explicar o projeto, que não é de sua autoria, e falar sobre sua atuação na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, o deputado evangélico resolveu gravar um vídeo e mostrar tudo o que pensa sobre a proposta do deputado João Campos (PSDB-GO).

O vídeo começa exibindo diversas reportagens sobre o PDC 234/2011, mostrando que a mídia usou o termo errado, levando as pessoas a acreditarem que o projeto tentará curar homossexuais.

“Na verdade não tem nada de cura gay. Na verdade isso é uma mentira forjada por boa parte da imprensa e por ativistas. Isso é uma desonestidade intelectual”, disse Feliciano.

O deputado explica que João Campos foi procurado por diversos psicólogos que não aceitam a resolução do Conselho Federal de Psicologia, que não só impede o tratamento, como também as pesquisas relacionadas ao tema.

Outro ponto esclarecido por Feliciano foi a votação da proposta que só entrou na pauta por ser a única com relatoria pronta. “A Comissão de Direitos Humanos e Minorias sempre foi vazia, não tem projeto nenhum. Este projeto já estava na pauta há dois meses”, disse.

Em quase 20 minutos o deputado tenta explicar sua visão a respeito do projeto, dizendo que o homossexualismo não é doença e que, portanto, não pode ser curado. “Estão querendo me colocar de novo na mídia”, disse ele.
Assista:

Fonte: Gospel Prime

Conheça os trabalhos da Sepal com índios e pescadores

Voluntários enfrentam a escassez de verbas, mas realizam trabalhos pioneiros junto às comunidades.

Conheça os trabalhos da Sepal com índios e pescadores
Conheça os trabalhos da Sepal com índios e pescadores

A Sepal (Servindo Pastores e Líderes) presta apoio a muitas ações missionárias no Brasil, entre elas a MEVA (Missão Evangélica da Amazônia) que promove atividades com tribos indígenas.

A equipe da MEVA é formada exclusivamente por médicos e dentistas que saem pelas tribos indígenas para prestar atendimento de saúde e levar o Evangelho de Jesus Cristo.

Os voluntários são recrutados pelo do Ministério Daniel Schimenes, em São Paulo, que aceitam ficar de uma semana a quinze dias em cada tribo, sendo que em muitas delas o português não é uma língua falada.

O custo desse trabalho é bem alto, principalmente pela estrutura que é necessária para os atendimentos médicos e odontológicos. Fora isso as diferenças culturais também dificultam as ações, mas não intimidam os missionários, como o próprio Daniel comenta.

“A mudança não é radical e nosso objetivo não é mudar a cultura das tribos. Mas é bom ver, por exemplo, que homens indígenas, antes com comportamento agressivo, passaram a tratar melhor as suas mulheres e filhos”, afirmou o dentista.

Schimenes realiza há 11 anos um trabalho semelhante que atende a seis vilas de pescadores que moram em Cananeia, divisa entre os Estados de São Paulo e Paraná. “Fazemos trabalhos com crianças, evangelismo pessoal, atendimento médico e dental, construção de casas e quadras multifuncionais, além de projetos de auto sustentabilidade. Também reformamos escolas, visitamos casas e compartilhamos o amor de Deus num lugar muito bonito, porém carente”, disse.

Esses trabalhos possuem um alto custo e contam com apoio da Sepal para serem realizados. “Os recursos são limitados para a realização de nossas ações, mas ainda assim, não nos desanimamos de seguir com nosso trabalho e de transmitir o evangelho de maneira clara”.

Ao longo desses anos mais de 72 equipes foram enviadas para Cananeia, somando mais de 1000 voluntários que, amparados pela MEAP (Missão Evangélica de Assistência aos Pescadores) tiveram acesso à região e puderam cumprir com a missão de evangelizar e cuidar da saúde da população.

Fonte: Gospel Prime

Revista chama Ana Paula Valadão de “pop star da fé”

São quase 16 anos de ministério Diante do Trono e uma história de sucesso marcada pela venda de mais de 10 milhões de cópias
Revista chama Ana Paula Valadão de “pop star da fé”
Revista chama Ana Paula Valadão de “pop star da fé”

A cantora Ana Paula Valadão estampa a capa da revista Veja BH desta semana com a manchete “Pop star da fé” falando sobre a vida e a carreira da líder do ministério de louvor Diante do Trono.

Aos 37 anos, a filha mais velha dos pastores Márcio e Renata Valadão, líderes da Igreja Batista da Lagoinha, tem mais de 15 discos gravados e 10 milhões de cópias vendidas, se tornando a voz mais conhecida da música gospel nacional.

Mesmo contando com uma equipe de profissionais, Ana Paula faz questão de acompanhar todos os passos da produção de seus CDs. No momento ela está preparando três projetos, o lançamento do CD “Renovo”, a gravação do CD/DVD “Tu Reinas” e a gravação de um álbum em inglês que ainda não recebeu título.

“Minha equipe é muito capaz, mas tudo passa pela minha mão”, disse ela que está voltando de uma turnê pelos Estados Unidos.

Quem não conhece a história do Diante do Trono não imagina que o primeiro disco foi gravado graças aos vales-CD que foram vendidos a R$5 para os membros da IBL, isso em 1998. Quase 16 anos depois o Diante do Trono tem prestígio internacional e assinou, em 2009, com uma das maiores gravadoras brasileiras do meio secular, a Som Livre.

O sucesso do Diante do Trono pode estar ligados às letras das músicas, muitas delas assinadas pela própria cantora que compõe canções desde a infância. “As pessoas se identificam com os versos que falam de cura interior”, afirmou.


Polêmicas


Na reportagem, Ana Paula Valadão reafirma seus posicionamentos, como cristã e pastora que coordena o culto mensal destinado às mulheres da Igreja Batista da Lagoinha, ela prega a feminilidade e a submissão ao esposo.

“Como mulher, você pode trabalhar fora, realizar os seus sonhos, ter diálogos com seu marido, sugerir, decidir com ele, mas tem de respeitar toda figura masculina”, diz ela que com esse discurso já foi muito criticada por grupos feministas.

Outro ponto polêmico que Ana Paula respondeu foi sobre a homossexualidade. No último dia 5 ela esteve ao lado do pastor Silas Malafaia e outras lideranças evangélicas para defender a família tradicional.

“Se há um cristão falando por aí que é a favor da homossexualidade, ele não é um cristão de verdade”, afirmou. Assim como outros evangélicos, Ana conta que tem amigos que conseguiram deixar a homossexualidade e que recebe bem os homossexuais que frequentam a IBL.

Fonte: Gospel Prime

Manifestantes protestam em frente à casa de Marco Feliciano

Com cartazes e faixas eles gritaram palavras de ordem contra o parlamentar pela aprovação do PDC 234/2011.


Manifestantes protestam em frente à casa de Marco Feliciano
Manifestantes protestam em frente à casa de Marco Feliciano

Na noite do último sábado (22) o deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) voltou a ser alvo de protestos. Dessa vez um grupo de manifestantes se reuniu em frente a casa do parlamentar na cidade de Orlândia, interior de São Paulo.

Cerca de 60 pessoas, segundo a Polícia Militar, se juntaram por volta das 18h no Centro da cidade com mais de 100 pessoas que protestavam contra o governo municipal.

Com o passar do tempo uma parte dos manifestantes resolveu ir até a casa de Marco Feliciano com cartazes que criticavam o PDC 234/2011 que foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara na última semana.

O projeto foi nomeado pelos críticos de “cura gay” e ganhou o desprezo de boa parte da população brasileira que não teve acesso ao verdadeiro teor da proposta apresenta pelo deputado João Campos (PSDB-GO) que não trata sobre a cura para homossexuais.

A assessoria de Marco Feliciano afirmou que não havia ninguém na residência naquela noite, sentados na rua, os jovens gritavam palavras de ordem como ‘Feliciano, o Brasil não precisa de você’, ‘Fora Feliciano, você não me representa’, ‘Não existe cura’ e ‘Sem preconceito’ entre outras.

Um dos manifestantes concedeu entrevista ao G1 dizendo que se sentiu magoado com a aprovação da proposta. “Não é fácil para os meus pais ouvir que eles têm um filho doente por causa desse projeto”, disse Jorge Morato, de 31 anos.

Assim como outras pessoas, Morato entendeu que o PDC 234/2011 afirma que o homossexualismo é doença, o que não é verdade. O projeto tenta sustar dois artigos do Conselho Federal de Psicologia, e como o autor mesmo afirmou, não diz sobre o paciente, mas sobre a liberdade do profissional de psicologia.

Na frente da CDHM, Marco Feliciano está diante de projetos bastante polêmicos, pois nos anos anteriores a comissão tratou de muitos assuntos ligados ao movimento LGBT. Recentemente o parlamentar se mostrou descontente com as pautas que foram enviadas para sua comissão e disse que sente falta de projetos que realmente trarão benefícios para minorias, como por exemplo, os quilombolas.

Vale lembrar que como presidente da Comissão de Direitos Humanos e minorias, Marco Feliciano não vota, ele apenas administra a discussão entre os demais deputados e participantes convidados.

Fonte: Gospel Prime

Cantor Fernandinho ‘dispensa’ a presença de políticos durante seu show em Pimenta Bueno


O cantor Gospel Fernandinho em sua vinda a Pimenta Bueno mostrou ter pulso firme e opinião, no entanto rejeitou a presença de celebridades políticas como Prefeito Jean, deputado estadual Kaká Mendonça, entre outros que se encontravam presentes no palco momentos antes do inicio do show, algo que de alguma forma acabou dividindo opiniões entre os participantes.

O cantor não fez sequer nem menção ao nome de autoridades enquanto se apresentava, e segundo informações o mesmo disse que só iria dar inicio a seu trabalho quando o palco estivesse desocupado por todos, fator que fez o cantor dar inicio ao show acima da hora esperada.

Apesar de algumas pessoas não ter gostado da atitude do cantor e até mesmo o criticaram, por outro lado diversos participantes do evento gospel o apoiaram pela atitude. Na opinião de admiradores trata-se de um tipo de posicionamento que sempre fez parte trajetória do musico que nunca aceitou fazer politicagem num momento que para ele é um ‘culto religioso’, dando foco no verdeiro obkeo da apresentação.


Mediante a situação ocorrida, se o interesse dos politicos era “auto promoção” de suas imagens em torno do show realizado, acabaram não obtendo respaldo, algo que de certa forma pode ter decepcionado por não ser correspondidos, mas na opinião da grande maioria dos evangelicos, ‘politica e igreja não deve dividir o mesmo espaço’, inclusive diversas igrejas esta recusando participar de eventos produzidos atraves apoio politico, acreditando que isso pode manchar o nome das igrejas e banalizar a fé cristã.

Fonte: Cacoal Gospel

domingo, 23 de junho de 2013

Rádio Esperança e Paz 104,9 FM comemora seu 13º aniversário

O aniversário foi marcado com um grande louvor e adoração a Deus

 Rádio Esperança e Paz 104,9 FM comemora seu 13º aniversário
A noite da última quinta-feira (20) foi marcada com uma grande festa comemorando o 13º aniversário da Rádio Comunitária 104,9 Esperança e Paz de Ouro Preto do Oeste – RO, com a dupla paulista Edy e Rony.

A emissora foi fundada no dia 20 de junho de 2000, idealizada e construída na época pelo pastor Ermelino Alves de Araújo da 1º Igreja Assembléia de Deus, 13 anos levando ao ar uma programação de qualidade para todas as idades ganhando o título como “A Rádio da Família”.

Por causa de uma leve chuva que caiu no inicio da noite, e como os festejos seriam na rua ao ar livre, houve um pequeno atraso para o inicio, mas logo a chuva cessou e o Grupo Vida da igreja Assembléia de Deus (matriz) fez a primeira chamada com seus belos hinos de louvores iniciando a festa.

A chuva não foi problema, claro que o iniciou foi meio tímido, mas em pouco tempo as cadeiras espalhadas ao longo da rua foram ficando lotadas pelos convidados, autoridades, evangélicos de várias denominações e com a população ouvinte em geral, que também prestigiou o evento.

O Pastor Possidônio apresentou a diretoria da Assepaz (Associação Esperança e Paz) onde o Presidente Isaias José Batista representando a todos os diretores, fez seu pronunciamento. Ainda foi apresentado o arrojado diretor da rádio, Roberto Costa que esta a frente da emissora a mais de 4 anos, e os locutores contratados bem como aos que fazemos os  programas independentes.

Mas o que marcou a noite foi à inspirada dupla de Itu (SP) “Edy e Rony”, que veio exclusivamente para o aniversário da rádio e fazer o lançamento do seu mais novo CD, com a musica (hino) carro chefe “Pode Chorar”. Com suas vozes imponentes num dueto afinado, contagiou a todos com seus hinos envolventes, misturando língua estranha e louvor mostrou que o poder e o fervor de Deus estava presente.

A cantora Elaine Costas que já tem 3 CDs gravados com seu ultimo lançamento “Desistir Jamais” também deu uma palhinha, com sua beleza e uma voz suave encantou a todos.

Estiveram presentes várias autoridades da cidade, dentre eles os vereadores: Miltinho do Bar (PRP), Dr. Deraldo (PT), Cleide Almeida (PDT) o representando o Presidente da Câmara Edis Faria (PSD), o assessor Fernando Almeida do Amaral, alem do Sr. Adiel Andrade (Presidente da Agrishow Norte de OPO) e sua esposa Noeli Andrade.

A Rádio Esperança e Paz iniciam suas atividades todos os dias às 5h da manhã com os programas dependentes: “Manhã Sertaneja” com J. Rabelo, “Bom Pastor”, “Tribuna Livre” com Hamilton Alves, “Experiência Com Deus” com Pe. Reginaldo Manzotti, “Show da Manhã” com Kenida Assis, “A Hora e a Vez do Esporte” com J. Veloso, “A Hora do Pastor” com o Pr. Possidônio, “Show da Tarde” com Jhony Wesley, “Tarde Sertaneja” com J. Rabelo, “A Voz do Brasil” e fechando as atividades com “O Mensageiro da Paz”, intercalando os programas diários, vários outros locutores com programas independentes completam a programação da rádio, incluindo sábados e domingos.

A rádio 104,9 Esperança e Paz vai mais longe através da internet pelo site: www.1049fm.com, ouça e indique aos seu amigos e parentes distantes.

Fonte: OuroPretodoOeste.com

Canal de TV Novo Tempo é inaugurado em Ouro Preto

A igreja Adventista do Sétimo Dia inaugura TV Evangélica em Ouro Preto

Canal de TV Novo Tempo é inaugurado em Ouro Preto
Foi inaugurado nesta sexta-feira (21), em Ouro Preto do Oeste mais um canal de TV aberta com programação diferenciada para a população. O sinal da emissora Novo Tempo esta funcionando 24h por dia simultaneamente no canal 14 na TV  aberta e também na Sky TV por assinatura. Durante a inauguração estiveram presentes Pastores, Lideres da Igreja Adventista do Sétimo dia e lideranças políticas do município.

A inauguração ocorreu na Escola Adventista na Rua Adolfo Rohl próximo ao Hospital Municipal, onde esta instalada a antena e o transmissor. Após a apresentação da TV, foi realizada uma carreata pelas principais ruas do município, em seguida uma parada na Praça da Liberdade. A programação será em cadeia nacional para todo o Brasil e o mundo.

A TV Novo Tempo é um canal voltado para a família, com uma programação variada e de alto valor moral, religioso e educacional, que é organizada e afiliada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia.


sexta-feira, 21 de junho de 2013

Queria projetos ligados aos direitos humanos, desabafa Feliciano

As pautas que estão sendo tratadas na comissão foram trazidas pelos deputados que antes a ocupavam

Queria projetos ligados aos direitos humanos, desabafa Feliciano
Queria projetos ligados aos direitos humanos, desabafa Feliciano

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) não está satisfeito com as pautas que estão em suas mãos para serem votadas durante as sessões da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, da qual é presidente.

Ao falar que está recebendo o ônus deixado pelos antigos líderes da comissão, o deputado evangélico declarou que o que ele queria mesmo era votar propostas para ajudar as minorias.

“Eu gostaria mesmo é de votar na CDH projetos ligados a direitos humanos, que ajudem os índios, os quilombolas e a família”, teria dito Feliciano.

O jornalista Lauro Jardim lembra que as pautas previstas para a CDHM são bem polêmicas e prometem gerar muitas críticas ao deputado. Essa semana foi a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo 234, apelidado de ‘cura gay’, que já rendeu inúmeras provocações ao deputado.

A Comissão de Direitos Humanos ainda deve votar propostas controversas como um projeto que criminaliza a heterofobia, a regulamentação da profissão de prostituta e o projeto que sugere um plebiscito sobre o casamento gay.

Feliciano alega que tais propostas eram de interesse dos deputados que antes ocupavam a comissão e que tinham interesse em aprovar ou reprovar uma dessas pautas. “Esse pessoal monitorava os projetos que iam de encontro aos interesses deles para levá-los à comissão e interromper a tramitação ou derrubá-los.”

Fonte: Gospel Prime

Pastor da Assembleia de Deus é executado no interior da Bahia

Foi assassinado na manhã desta quinta-feira, 20, por volta de 9h30, o pastor Giovanni Lopes Gagliano, de 48 anos, que foi vice-prefeito do município de Aurelino Leal.

_Aurelino-Leal

Giovanni estava na porta de sua residência, no município de Santo Antônio de Jesus (a 185 km de Salvador), quando foi atingido por sete tiros.

A polícia civil do município investiga o crime, cuja motivação pode ter sido por questões políticas. A vítima morava na Rua da Conceição, no bairro do São Benedito, no centro da cidade.

O pastor Lindomar, amigo da vítima, contou que recebeu um telefonema da cunhada de que Giovanni estava conversando com um vizinho, quando um veículo se aproximou e os ocupantes dispararam os tiros. “O pastor Giovanni trabalhava num Centro de Recuperação de drogados em Santo Antônio de Jesus e era uma boa pessoa, que ajudava os necessitados”, contou. Amigos, fiéis e vizinhos da vítima relataram que ele não sofria ameaças e não sabem os motivos do crime.

Em 2011, Giovani foi vice-prefeito de Aurelino Leal, na época em que mataram o então prefeito da cidade, Gilberto Andrade, e foi um dos suspeitos. O pastor foi a júri popular e absolvido pela justiça. Ele estava enquadrado na lei da Ficha Limpa. Giovanni Gagliano pastoreava a Igreja Evangélica da Assembleia de Deus, na Avenida Barros e Almeida.

Fonte: Assembleiano

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Cresce número de pastores que participam das redes sociais

A pesquisa foi feita nos Estados Unidos com contas do Twitter e do Facebook.

Cresce número de pastores que participam das redes sociais
Cresce número de pastores que participam das redes sociais

Um relatório realizado nos Estados Unidos mostra que o número de pastores e igrejas que participam das redes sociais cresceu no último ano. A pesquisa foi realizada pelo Grupo Barna que notou que o público mais jovem é o que mais participa dessas redes.

Sobre os usuários pastores, o estudo mostrou que 23% dos líderes religiosos já estão no Twitter, um aumento de 77% em número de usuários pastores comparado a 2011. No Facebook o crescimento também foi significativo, 66% em 2012 sendo que no ano anterior o número era de 59%.

As contas que são usadas pelas igrejas, e não em nome dos líderes, também cresceram. O Grupo Barna anotou que uma em cada cinco igrejas nos Estados Unidos já usam o Twitter e que 70% delas já possuem páginas no Facebook.

Um dado interessante é que as igrejas com mais de 250 membros são as que mais participam das redes sociais, mas são poucos os líderes que usam as redes para que os fiéis participem com perguntas sobre pregações.

Outro dado levantado é que quanto mais jovem for o líder da igreja, maior é a sua participação nas redes sociais. A faixa etária entre 29 e 47 anos representam 39% dos pastores participantes nas novas mídias. Entre os que possuem mais de 67 anos a participação é de apenas 6%. Só no Facebook, 86% dos pastores com páginas estão na faixa entre 27 e 47 anos. Com informações The Christian Post.

Fonte: Gospel Prime

Silas Malafaia critica imprensa por chamar PDC 234 de “cura gay”

O PDC 234 tenta sustar a resolução do CFP que não permite que os profissionais ofereçam ajuda aos homossexuais que estejam insatisfeitos com suas escolhas.

Silas Malafaia critica imprensa por chamar PDC 234 de “cura gay”
Silas Malafaia critica imprensa por chamar PDC 234 de "cura gay"

O pastor Silas Malafaia escreveu um artigo explicando que quando a imprensa noticia a aprovação do PDC 234/2011 o chamando de projeto de “cura gay” ela está mentindo, pois a proposta do deputado João Campos não trata sobre a cura da homossexualidade.

Entre as declarações do pastor, que é formado em psicologia, ele alega que em sua profissão o termo “cura” não é empregado o que já invalidaria o nome pejorativo dado por militantes do movimento gay que são contra a proposta.

Malafaia diz que dizer que a o projeto que tenta sustar uma resolução do Conselho Federal de Psicologia se trata de impor a cura de homossexuais é “uma afronta à inteligência humana”. “O projeto não visa curar ninguém. E pelo que me consta, a psicologia não se utiliza deste termo ‘cura’”.

Ele entende que a proposta do deputado do PSDB está ligada a classe profissional que não pode ser impedida de ajudar aqueles que buscam por ajuda. “O que o Conselho Federal de Psicologia fez ao impedir que psicólogos tratem de homossexuais que vão pedir ajuda sobre a sua sexualidade, é uma afronta a Constituição e a própria ciência. Por que um heterossexual pode pedir ajuda a um psicólogo sobre sua sexualidade e um homossexual não?”, questiona.

O pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo aproveitou para criticar a direção do CFP dizendo que eles possuem ideologias “esquerdopatas” e lembrando que nenhum outro país do mundo há uma resolução que impeça o profissional de atual.

“É vergonhoso ver as ciências humanas virarem ciências exatas e servir ao ativismo gay”, diz Silas Malafaia que completa: “Um princípio que rege o atendimento profissional a pessoas na área das ciências humanas é que o indivíduo é quem decide se quer ajuda ou não. Em hipótese alguma o terapeuta”.

Manipulação de informações

O pastor Silas Malafaia também comentou sobre a manipulação de informações. Ao dizer que o projeto trata sobre a cura gay, a imprensa conseguiu fazer com que a sociedade rejeitasse a proposta sem antes entender qual é o verdade objetivo da mesma.

“A safadeza da questão é que querem passar para a sociedade como se alguém estivesse obrigando os homossexuais a mudarem o seu comportamento”.

A análise imparcial sobre o texto de João Campos beneficia o ativismo gay que tem interesse em vetar o projeto. “A verdade é a seguinte: homossexualismo é um comportamento que um indivíduo pode desejar ser ou não ser, da mesma forma que a religiosidade também é um comportamento do ser humano que ele pode deixar de ser ou vir a ser da religião que ele bem quiser”.

Fonte: Gospel Prime

Aliança Evangélica apoia manifestações e pede oração pelo Brasil

Lideres cristãos defendem luta por mais justiça social no país

Aliança Evangélica apoia manifestações e pede oração pelo Brasil
Aliança Evangélica apoia manifestações e pede oração pelo Brasil

A Aliança Cristã Evangélica Brasileira, entidade fundada em 2010, publicou ontem (19) em seu site uma espécie de “carta aberta” onde fala sobre as manifestações que ocorrem em todo o país.

Dizendo-se estar “sob o impacto dos últimos acontecimentos em nossa nação”, afirma que o movimento nacional “traz a todos um sentimento de perplexidade e um chamado à reflexão”. A Aliança acredita que está “claro e evidente o descontentamento e o desejo por mudanças profundas e concretas” na sociedade.

Embora censure os atos pontuais de vandalismo, reafirme que as manifestações têm um “tom pacífico e propositivo” e que é necessário “se manter um cuidado crítico em relação ao que se recebe por parte das mídias”.

Em nenhum momento a questão religiosa veio a tona nas passeatas nem igrejas foram vandalizadas, a Aliança Cristã Evangélica Brasileira é favorável à utilização desses “instrumentos democráticos” como prova de “uma espiritualidade cristã encarnada, que incida nas questões de ordem pública para o estabelecimento da justiça social”.

Preocupados com os rumos que o movimento pode tomar, decide conclamar as igrejas brasileiras a orarem pelo país e pelas autoridades constituídas, rogando que elas “tenham o bom senso e a coragem de apresentar respostas que sinalizem o início de diálogos na direção da garantia das demandas populares”. Além disso, pedem que as orações sejam em prol da “justiça e paz social, elementos constituintes do reino de Deus”.

Sem esquecer de pedir intercessão “por nós mesmos, como igreja, para que sejamos sensíveis aos movimentos do Espírito Santo em meio aos processos conturbados, e façamos escolhas que reflitam a luz de Deus diante dos homens, através de testemunhos de boas obras e práticas da justiça”.

O tom político é mais ameno do que as manifestações da entidade quando se posicionou contra a indicação do pastor Marco Feliciano para a Comissão  de Direitos Humanos, dois meses atrás.

Embora não apresente nenhum pedido ao governo nem faça propostas concretas de como a igreja poderia se envolver nas mudanças exigidas pela população de um país onde um terço da população se diz evangélica, ecoa no final as palavras do pastor Carlos Queiroz, membro da Aliança conhecido por seu trabalho social no nordeste do Brasil há anos: “A justiça de Deus é bem maior que o conceito de justiça do ser humano. É baseada em valores como mansidão, sensibilidade, misericórdia e amor. Mas isso não quer dizer que a justiça de Deus é menor do que o mínimo exigido pela justiça humana, como o direito à habitação, alimentação, saúde, educação, lazer, liberdade de exercer a vocação humana.”

Fonte: Gospel Prime

Igreja evangélica constrói templo transparente na Espanha



A Igreja Evangélica de Castelldefels, localizada na região de Barcelona, na Espanha, está concretizando um antigo sonho de sua comunidade de ter uma igreja transparente. Trata-se de um projeto arquitetônico para construção de um templo que torne suas atividades totalmente visíveis para as pessoas que estão do lado de fora.
O edifício está baseado na ideia de uma igreja que quer se mostrar “transparente” para a comunidade, e terá um edifício moderno aberto. O que está dentro de quatro paredes está também aberto a todas as pessoas visualmente.
O arquiteto Jon Tugores, responsável pelo desenvolvimento deste projeto, tem em seu portfólio obras reconhecidas na cidade de Barcelona. Para Tugores se trata de um “muito completo, muito interessante, e que certamente vai ajudar na comunicação do ‘conceito evangélico’”.
Considerado por todos um projeto é inovador, a construção final do modelo do novo templo exibe uma única igreja, que contará com um edifício multi-nível, e terá muito de sua construção “aberta” para que, através de grandes janelas, escadas e claraboias, seja aberta visualmente para todos que passam por perto. Até mesmo a sala de culto é parcialmente visível a partir do exterior.
Veja uma imagem conceito do projeto e fotos da obra:




Fonte: Space Gospel

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Show de André Valadão lota Praça da Liberdade em Ouro Preto

O Show Gospel de André Valadão lotou a praça da Liberdade de Ouro Preto do Oeste, na noite desta terça-feira (18)


Show de André Valadão lota Praça da Liberdade em Ouro Preto

O Show Gospel de André Valadão lotou a praça da Liberdade de Ouro Preto do Oeste, na noite desta terça-feira (18). A festa começou já as 20h00min com apresentações locais musicais, coreográficas, onde também foi realizando o lançamento da Banda Aliança, composta por cinco jovens interdenominacionais, liderados pelo vocalista Edson Souza. Mas o grande momento aguardado pela multidão presente, que de acordo com a Polícia Militar, mais de 10 mil pessoas se fizeram presente, era a apresentação do pastor e cantor André Valadão, que subiu ao palco as 21:40, numa apresentação que marcou a história de Ouro Preto, pelo porte do evento.

O cantor está na turnê do CD e DVD, intitulado Aliança, durante o show ele cantou musicas do seu novo trabalho que será lançado em julho, DVD Fortaleza e outras dos  cds anteriores, como Pela Fé, Vou crer, Abraça-me, Milagres entre outras. André esbanjou simpatia e cativou o público presente, que após o show pode tirar fotos e distribuir autógrafos em seu camarim para uma multidão. Durante o evento, o cantor chamou a frente um dos responsáveis pela organização do Viva Rondônia 2013, Rodrigo Guerreiro, que também convidou o prefeito Alex Testoni, parabenizando por manter Ouro Preto uma cidade limpa e organizada.

Com mais de 1,6 milhão de CDs vendidos, onde participou do Troféu Promessas no ano passado em quatro categorias: melhor cantor, melhor CD, melhor DVD e melhor Clip, André Valadão é um dos ícones da música gospel nacional. O evento foi realizado através do Viva Rondônia 2013, coordenado pelo presidente do grupo Nova Geração Guerreiros de Cristo, Rodrigo Guerreiro, que além organizarem a turnê de André, apresentaram em outros municípios do Estado, os cantores Davi Sacer, Fernandinho, Mariana Valadão, Daniel e Samuel e Mattos Nascimento.

Fonte: ouropretodooeste.com

Feliciano fala sobre aprovação do PDC 234 e critica ministra

Ele pede para ela tomar cuidado, pois no próximo ano teremos eleições presidenciais.

Feliciano fala sobre aprovação do PDC 234 e critica ministra
Feliciano fala sobre aprovação do PDC 234 e critica ministra

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) negou nesta quarta-feira (19) que a aprovação do PDC 234/2011, chamado pejorativamente de ‘cura gay’, tenha sido uma provocação às manifestações que tem acontecido em todo o Brasil.

“Não tem nada a ver com as manifestações. O projeto estava para ser votado há dois anos, e o projeto estava sendo votado há dois meses. Isso é regimental”, disse ele.

Sobre as críticas que voltou a receber por conta de sua permanência na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, o deputado disse que elas fazem parte de um país democrático como é o Brasil.

O parlamentar também comentou sobre a promessa feita pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, que prometeu impedir que o projeto de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO) seja aprovado nas próximas etapas.

A ministra chegou a dizer que o PDC 234 “é um retrocesso”. “Somos cientes da responsabilidade de dialogarmos mais para que o projeto não venha a ser aprovado”, disse Maria do Rosário.

Mas Feliciano pediu para que a ministra fique atenta, pois no próximo ano teremos as eleições presidenciais.
“A ministra falar que vai colocar toda máquina do governo para impedir um projeto. Acho que ela está mexendo onde não devia, senhora ministra juízo, fale com a sua presidente porque o ano que vem é político”.

O deputado também falou que o governo sempre tenta barrar os projetos. “É o jogo político”, explicou ele lembrando que outras propostas já sofreram a interferência do governo.

Fonte: Gospel Prime

João Campos explica porque seu projeto não pode ser chamado de “cura gay”

Pelo Twitter ele tentou explicar aos críticos que sua proposta está relacionada ao trabalho do psicólogo.

João Campos explica porque seu projeto não pode ser chamado de “cura gay”
Campos explica porque seu projeto não pode ser chamado de "cura gay"

O deputado João Campos (PSDB-GO) usou o Twitter para explicar o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 234/2011 que recebeu o nome, pejorativamente, de “cura gay” e que foi aprovado na sessão desta terça-feira (18) na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Negando que o texto fale de curar homossexuais, o deputado afirma que a proposta defende a autonomia do profissional de psicologia que apenas no Brasil fica impedido de ajudar os pacientes que se queixam da opção homossexual.

“No PDC 234 defendo a autonomia do profissional de psicologia. A resolução do CPF ofende o inc. XIII do artigo 5º da CF”, escreveu ele.

O texto do projeto tenta sustar os artigos 3 e 4 da resolução nº 1/1999 do Conselho Federal de Psicologia que diz: “Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.

Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.

Art. 4º – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.”

Ao se justificar, o deputado diz que a “resolução do CFP ofende um dos princípios da ética medica, a autonomia do profissional” e que esta seria uma das razões para que a Câmara aprove seu projeto. “Eis outra razão porque aprovar o PDC 234: a Resolução do CFP é homofóbica, pois se o homossexual quiser ser ajudado não pode, mas o hetero pode.”

Não é cura gay

Foi também pelo Twitter que João Campos explicou de onde surgiu o nome “cura gay”. “Os ativistas gays denominaram o PDC 234 de cura gay tentando desqualificá-lo e desacreditá-lo para que fosse rejeitado. Não conseguiram”, disse ele.

Criticando a polêmica que foi feita pela aprovação do texto na CDHM, Campos afirmou que é ignorância dizer que sua proposta tentar curar homossexuais. “A Resolução do CFP trata psicólogos e homossexuais como cidadãos menores. Desrespeita-os. A decisão da CDHM corrige isso.”

“Será que tem gente esclarecida e de boa fé que acredita nessa bobagem de que o PDC 234 versa sobre cura gay?? Tenho pena…”

Fonte: Gospel Prime

Promotor de Justiça cancela casamento gay em Florianópolis

A contradição entre o judiciário e o legislativo só será resolvida quando a Constituição for mudada

Promotor de Justiça cancela casamento gay em Florianópolis
Promotor de Justiça cancela casamento gay em Florianópolis

Um promotor de justiça de Florianópolis cancelou um casamento entre dois homens se valendo da Constituição Federal que reconhece como entidade familiar a união de um homem e uma mulher.

O promotor é Henrique Limongi que fez questão de anotar na habilitação o que está escrito no artigo 226 da Constituição, assinando que só prestigia a união heterossexual.

Mesmo seguindo a lei brasileira, a decisão do promotor vai contra a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obriga os cartórios de todo o país a realizar o casamento civil de pares formados por pessoas do mesmo sexo.

Essa contraditoriedade na justiça brasileira só será resolvida quando o Congresso Nacional decidir alterar a Constituição para reconhecer o casamento gay, como explica Otavio Guilherme Margarida, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Santa Catarina (Anoreg/SC).

“Para acabar com esse problema e discussão, precisaríamos que o Congresso Nacional fizesse seu trabalho e autorizasse por lei o casamento entre pessoas do mesmo sexo”, disse.

O casal que teve o casamento cancelado já mora junto há três anos e tinham marcado a união para o dia 22 de junho. Com os preparativos para a festa de casamento eles gastaram cerca de R$10 mil, até a viagem de lua de mel já estava comprada.

Desde o dia 29 de abril o estado de Santa Catarina tem autorizado a união de pessoas do mesmo sexo se valendo de uma normal assinada pela Corregedoria-Geral da Justiça. Assim os cartórios do estado podem realizar a união sem observar a limitação de gênero imposta na legislação brasileira.

Por conta dessa autorização da CGJ já foram registrados 44 casamentos em 12 municípios de Santa Catarina, incluindo na capital, mas argumentação do judiciário pode ser contestada no legislativo como aconteceu neste caso.

Fonte: Gospel Prime

Evangélicos realizam mutirão de limpeza em hospital de Cacoal-RO

Todo o material usado pelos voluntários foi doado pela igreja que também entregou toalhas de banho e lençóis

Evangélicos realizam mutirão de limpeza em hospital

Evangélicos realizam mutirão de limpeza em hospital


As igrejas de Cacoal (RO) resolveram celebrar o Dia do Evangélico, comemorado no dia 18 de junho, prestando serviços para a comunidade. Na semana passada um grupo de fiéis se mobilizou para limpar o Pronto-Socorro Unidade Mista (UMC) que tem poucos funcionários para limpeza.

Um dos organizadores dessa ação, Orlins Ramos, disse em entrevista ao G1 que limpeza e saúde estão estritamente ligadas. Cerca de 35 mulheres participaram deste projeto, lavando todas as dependências do hospital.

Todo o material usado foi financiado pela igreja que também doou 100 toalhas de banho e 100 lençóis de cama.

O UMC tem em seu quadro de funcionários cinco servidores que auxiliam na limpeza, eles trabalham por escala de 12 horas o que faz com que apenas um funcionário esteja trabalhando. Sabendo que a quantidade é insuficiente, a diretora do Pronto-Socorro, Meila Witt Silva, elogiou a iniciativa das igrejas da cidade.

“Ainda estamos com apenas uma funcionária por plantão para fazer a limpeza. Com o mutirão promovido pela igreja o ambiente para os funcionários trabalhar, e principalmente para os doentes que precisam de atendimento ficou bem mais agradável”, disse ela.

Fonte: Gospel Prime

terça-feira, 18 de junho de 2013

Comissão de Direitos Humanos aprova projeto de “cura gay”

A proposta agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça

Comissão de Direitos Humanos aprova projeto de “cura gay”
Comissão de Direitos Humanos aprova projeto de "cura gay"

Durante a reunião desta terça-feira (18) os deputados que fazem parte da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara (CDHM) votaram sobre o projeto chamado pejorativamente de “cura gay” e aprovaram o texto.

A proposta de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO) pede a alteração de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que impede os profissionais de oferecerem ajuda para homossexuais que estejam insatisfeitos com sua orientação sexual.

O deputado Anderson Ferreira (PR-PE), relator da matéria na CDHM, defendeu o texto e disse que não se trata do paciente, mas da liberdade do profissional atuar. “Essa resolução cerceia a independência e liberdade dos profissionais e o direito da pessoa de procurar um psicólogo e de receber orientação.”

Em sua visão, o projeto de Campos “garante o direito ao homossexual a mudar sua orientação sexual e ser acolhido por um profissional”. O CFP não concorda com a proposta e diz que se for aprovada a lei poderá aumentar os preconceitos sociais contra os homossexuais.

Dos deputados que fazem parte da comissão apenas Simplício Araújo (PPS-MA) foi contra, dizendo que “não existe tratamento [para a homossexualidade] porque isso não é doença”.

“Este projeto é inconstitucional. Apenas o poder judiciário pode questionar uma decisão de qualquer conselho de qualquer profissão”, disse ele.

O projeto aprovado na CDHM segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e ainda pela Comissão de Seguridade Social (CSS). Com informações Terra.

Fonte: Gospel Prime

Marcos Pereira aparece mais magro e abatido na primeira audiência

Ele foi levado do presídio de Bangu 2 para o Fórum de São João do Meriti.

Marcos Pereira aparece mais magro e abatido na primeira audiência
Marcos Pereira aparece mais magro e abatido na primeira audiência

O pastor Marcos Pereira esteve nesta segunda-feira (17) no Fórum de São João do Meriti para participar da primeira audiência do processo onde ele é acusado de estuprar fiéis da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Esta foi a primeira vez que o religioso apareceu em público desde sua prisão em 8 de maio, nas fotos ele aparece mais magro e bastante abatido.

A audiência começou por volta das 16h, o Tribunal de Justiça anunciou que as testemunhas de acusação pediram para que Marcos Pereira não assistisse aos depoimentos e ele precisou ser retirado.

Foram seis testemunhas de acusação e oito de defesa. Na sala de audiência cerca de 20 fiéis da ADUD estiveram presentes prestando apoio ao religioso que sempre alegou sua inocência dizendo que está sendo vítima de um plano orquestrado para acabar com a sua reputação.

Na 1ª Vara Criminal de São João de Meriti há três ações contra o pastor, duas delas por estupro e outra por coação. As denúncias de abuso sexual surgiram durante as investigações de que o pastor teria ligações com o crime organizado do Rio de Janeiro.

As primeiras testemunhas que aceitaram depor contra Pereira afirmam que foram ameaçadas por pessoas da ADUD e a justiça entendeu que o pastor estaria por trás da coação ou que, pelo menos, teria conhecimento da atitude de seus liderados. Dois membros da igreja também foram presos por este processo. Com informações Extra.

Fonte: Gospel Prime

Pastora americana profetizou o fim da corrupção no Brasil

Em cerca de três meses o país começou a ver uma geração se levantando contra os governos e seus abusos

Pastora americana profetizou o fim da corrupção no Brasil
Pastora americana profetizou o fim da corrupção no Brasil

Na manhã desta terça-feira (18) centenas de cristãos começaram o dia compartilhando nas redes sociais o vídeo de uma profecia feita durante o 14º Congresso de Louvor Diante do Trono que aconteceu em março deste ano em Belo Horizonte.

A conferencista americana Cindy Jacobs lançou uma palavra profética dizendo que o Senhor estava levantando uma geração que clamaria a Deus em favor do Brasil e que ele iria abalar o principado da corrupção e da miséria.

“Assim diz o Senhor: estou dando ao Brasil uma segunda chance. Estou abrindo uma nova janela, diz o Senhor. E vocês começarão a orar, e se vocês não entrarem nessa janela eu vou abalar a economia”.

A profecia pedia para que a partir daquele momento os cristãos passassem a orar pelo país de dia e de noite, pois Ele iria começar a agir a partir dos campos das universidades, das escolas e dos prédios do governo.

“Assim diz o Senhor: É o meu desejo abater o principado da corrupção”.
     
Momento de profecia para a Igreja Brasileira.
Momento de profecia para a Igreja Brasileira.

Na noite desta segunda-feira (17) pelo menos seis capitais brasileiras e diversas cidades presenciaram manifestações contra a corrupção do governo. Entre os temas reivindicados por milhares de manifestantes estava o preço da passagem do transporte público, o valor gasto com os estádios que sediarão a Copa em 2014, os problemas da saúde pública e da educação.
Assista:

Fonte: Gospel Prime

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Monte Negro realizará o maior evento gospel de todos os tempos

damares02

Em comemoração ao dia do evangélico  o município de Monte Negro sediará o maior evento gospel de todos os tempos, “O 2º Clamor do Povo de Deus”, que acontecerá de 16 a 18 de junho.

Segundo os organizadores do evento, o acontecimento ficará na história  de Monte Negro, uma vez que evento gospel como este nunca existiu no município.

“Monte Negro tem sido nos últimos anos palco de eventos seculares, mas vejo que agora as coisas estão mudando em nosso município, Deus realmente está abençoando os novos gestores, que só assim os evangélicos são valorizados” disse uma fiel de uma congregação, que segundo ela só tem o prazer de assistir trabalhos abençoados como este em cidades vizinhas.

O Irmão João que também é evangélico disse está satisfeito com a iniciativa dos novos gestores do município, e espera sempre acontecer eventos como este.

“Quando a cidade é abençoada, o povo também é abençoado, e tudo vai bem, vejo a graça de Deus se fazer presente de verdade em nosso município” afirmou o irmão Paulo.

E para abrilhantar o grande evento estará levando a palavra do senhor o pastor Jerfeson Campaneli vindo de Blumenau-PR, e o pastor Jeahn Porto de Curitiba –PR.
O Louvor ficará a cargo da renomada cantora gospel Damares e banda.

E para encerrar a programação o pastor Celso Nascimento proferirá a palavra na noite de domingo 18.

O evento a realizar-se tem o apoio e organização da Setur, Prefeitura municipal, Igrejas evangélicas, ressaltando que os deputados Maurão de Carvalho, Adelino Follador, Euclides Maciel e o ex deputado estadual  Jair Miotto também apóiam o evento.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

II Clamor do Povo de Deus.

1. Domingo – 16/06/2013.

19h – Abertura com o prefeito – Cerimônia da chave

Louvor com cantores de igrejas locais.

Orquestra

21h – Pregação Pr. Jeferson Campaneli

2. Segunda-feira – 17/06/2013.

19h – Inicio

Louvor com cantores de igrejas locais

20h – Louvor (DAMARES E BANDA)

22h – Pregação – Pr. Jehan Porto

3. Terça-feira – 18/06/2013.

· 08 H GRANDIOSA CARREATA/Passeata envolvendo todas as igrejas e população em Clamor a Deus por Monte Negro,

19h – Inicio

Louvor com cantores locais e regionais

Apresentação do Quarteto

21h – Pregação – Pr. Celson Nascimento


Texto:Marcos Neris

Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"