chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Agressora do poodle é evangélica e diz que está arrependida

A mulher se entregou à polícia de Porto Alegre para prestar depoimento sobre o caso

Agressora do poodle é evangélica e diz que está arrependida
Agressora do poodle é evangélica e diz que está arrependida

O vídeo que mostra uma mulher agredindo e ensinando o filho a agredir um cão da raça poodle revoltou o Brasil e virou caso de polícia. O esposo da acusada, que não foi identificada, afirmou que a família é evangélica e que sua esposa está arrependida.

O homem de 46 anos disse que foi um caso isolado e que por este motivo sua família não pretende se mudar do condomínio onde eles moram na zona Norte de Porto Alegre (RS).

“Fiquei muito bravo com ela. O país inteiro ficou. Mas nós frequentamos a igreja, somos evangélicos, nunca passamos por isso. Houve muita exposição dos meus filhos. Ela vai assumir, já está arrependida”. A mulher se apresentou à polícia nesta terça-feira (14) onde prestou depoimento.

O marido concorda que casos como este precisam ser denunciados. “Creio que a denúncia deveria ser feita mesmo e ficar com a Justiça. Eu não cometi crime algum, vamos continuar vivendo normalmente, não temos por que nos mudar. Foi um fato isolado”, disse ele segundo a reportagem do G1.

O vídeo gravado mostra a acusada dizendo ao filho: “Todos os cachorros, todos os bichos que tu vês na rua a gente não trata bem. A gente vai e bate”.

Com a agressão o animal acabou desmaiando e foi socorrido pelo subsíndico do prédio, Bruno Campelo. Acompanhado pelo síndico, Bruno levou o filhote até uma clínica para fazer exames e ser medicado.

O filhote foi adotado por Bruno que lhe deu o nome de Rossi. O animal já passa bem e tem sido a diversão da filha do subsíndico. “Ele está começando a viver uma nova vida”, disse ele.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"