chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Pastores e líderes evangélicos defendem a descriminalização das drogas

Eles defendem que o usuário deve ser tratado como dependente químico e não como criminoso, como deve acontecer com o traficante.


Pastores e líderes evangélicos defendem a descriminalização das drogas
Pastores evangélicos defendem a descriminalização das drogas

Líderes religiosos e pastores como Ariovaldo Ramos, Edvandro Machado e André Guimarães estarão reunidos no próximo dia 25 de junho no Rio de Janeiro para defender a descriminalização das drogas.

O encontro vai acontecer no auditório do Seminário Teológico Betel e deve reunir mais de 100 pastores que defendem a mudança da lei 11.343/2006 para que o usuário de droga não seja tratado como criminoso, mas como dependente químico.

Em um manifesto os pastores assinam que estão baseados no que diz em Efésios 5.9, firmando suas crenças no tripé bondade-justiça-verdade. Ao descriminalizar as drogas, o usuário deverá ser tratado com projetos de requalificação profissional tendo direito à saúde e educação para poder se reintegrar junto à sociedade.

“A vocação da Igreja é para transformação de vidas, sem perder a esperança e a disposição para a misericórdia. A reconstrução da vida de um ‘criminoso’ é sempre mais difícil socialmente do que a de um doente, de alguém que tenha passado por um tratamento”, diz nota.

manifesto-drogas
Cartaz do evento.

O manifesto que foi entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pedindo a aprovação do projeto 7663/2010, “para que possam ser reparados e rediscutidos, artigos controversos e que comprometem a justiça e a dignidade, como a internação compulsória, a restrição de direitos, a criminalização do usuário”.


Confira a carta aberta na íntegra aqui.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"