chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quarta-feira, 24 de julho de 2013

A Liga: Saiba como foi o encontro de um ex-gay com um drag queen

Muitas discussões aconteceram em cinco dias de convivência entre pessoas tão diferentes

A Liga: Saiba como foi o encontro de um ex-gay com um drag queen
Saiba como foi o encontro de um ex-gay com um drag queen

Nesta terça-feira (23) o programa A Liga, da Band, mostrou no quadro “Vidas Opostas” a vida de um ex-homossexual que hoje é pastor e um ator drag queen que é casado com outro homem e não acredita que é possível se tornar ex-gay.

A proposta do programa é mostrar casos diferentes e tentar fazer com que essas pessoas convivam por alguns dias. Foi isso que aconteceu com o missionário Robson e com o ator Valber que aceitaram passar por esta experiência.

Como parte do combinado, o ator precisou assistir um culto onde Robson falava sobre sua transformação e o missionário teve que participar de um show onde Valber estava vestido como Drag Queen.

As opiniões dos dois homens são completamente diferentes, enquanto um evangélico diz que ele deixou a prática e que a Bíblia condena a homossexualidade, a drag queen afirma que Deus não exclui ninguém, pelo contrário, acolhe.

Enquanto acompanhava o culto, Valber confessou que foi criado na igreja e que tinha desejos pelo pastor. “Na minha adolescência eu passe por um momento de será que eu sou, será que eu não sou? Eu olhava o irmão com desejo, eu olha e pensava olha esse pastor como prega, olha como ele é viril”.

No seu depoimento ele ainda revelou que chegou a orar para ser curado da homossexualidade. “E Ele [Deus] não me curou”.

Robson começou a pregar e lembrar do seu passado, dizendo que foi muito humilhado e que hoje por onde ele passada é reconhecido como servo de Deus.

Durante a pregação, Valber fazia comentários, entre eles, desmentia a informação de que a pessoa não nasce homossexual. “Eu nasci gay”. Outro ponto que ele não gostou foi a parte que Robson falou que Deus pode libertar todas as pessoas. “Deus não precisa me libertar, eu já sou livre”, disse.

No final do culto Valber foi morar na casa do pastor Robson, conheceu sua família e foi bem recepcionado pela família. Mas afirmou que não acredita que o pastor foi curado e fez questão de dormir agarrado com um bandeira gay.

O pastor também precisou vivenciar um dia na casa de Valber e foi até um show da drag queen Tchaka. “Eu acredito que a gente possa conviver cada um aceitando a sua opção de vida”, disse Robson.

A discussão na casa de Valber foi longa, pois ele chamou seu esposo, Carlos, e alguns amigos que discutiram sobre o assunto. A mãe da drag queen Tchaka também é evangélica e aceita o seu filho, mas não a prática.

Na balada gay não foi diferente, o pastor já chegou dizendo que “tudo de ruim” estava ali se referindo a bebida, drogas e a promiscuidade. “Não condiz mais com a minha vida”, disse.

Assista:

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"