chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Silas Malafaia defende reunião de cantoras evangélicas com Dilma Rousseff

Oração virou pecado?, questionou o pastor no Twitter.

Silas Malafaia defende reunião de cantoras evangélicas com Dilma Rousseff
Malafaia defende reunião de cantoras evangélicas com Dilma Rousseff

O pastor Silas Malafaia, presidente da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, defendeu o encontro entre Dilma Rousseff e um grupo de mulheres evangélicas realizado na última segunda-feira (15) no Palácio do Planalto.

Malafaia usou sua conta no Twitter para defender Dilma Rousseff. Apesar de não apoiar a presidente e ser um crítico ferrenho do Governo petista, o líder disse que não vê problema em um grupo de mulheres orar pela governante. “Oração virou pecado?”, questionou no Twitter.

“Se qualquer pessoa pedir oração ao povo de Deus, é nosso dever interceder, seja presidente, governador, gente do povo ou mendigo”, escreveu o pastor.

O encontro articulado pelo Ministro da Pesca, Marcelo Crivella (PRB), foi duramente criticado pelo deputado federal, Pastor Marco Feliciano (PSC). O parlamentar acusou a presidente de tentar ficar “bem na foto com os evangélicos” em um momento em que a popularidade da presidente cai para 31,3%.

Dilma recebeu o grupo de 18 evangélicas após Malafaia e Feliciano criticarem a presidente, também pelas redes sociais, por receber representantes do movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis) há algumas semanas.

Malafaia disse não ver problema na reunião que a presidente promoveu. E lembrou que entre as convidadas havia algumas com “compromisso com Deus”.

“Não importa o objetivo da presidente, o que importa é que algumas delas, que eu conheço, e que tem compromisso com Deus foi lá e orou…”, concluiu o líder.

Feliciano, no entanto, afirmou que Dilma deveria ter chamado para o encontro outros líderes evangélicos, como Silas Malafaia, que organizou a manifestação pacífica em Brasília e reuniu mais de 70 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios.

O presidente da Comissão e Minorias da Câmara dos Deputados também escreveu críticas ao ministro da Pesca por “arquitetar” o encontro para melhorar a imagem de Dilma com o segmento.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"