chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Papa admite “vergonha” pelo passado violento dos cristãos

 Papa admite “vergonha” pelo passado violento dos cristãos

Essa é a primeira vez que ele reconhece o erro da Igreja na época das Cruzadas
Papa admite “vergonha” pelo passado violento dos cristãos

Durante o culto ecumênico que aconteceu nesta quinta-feira na Basílica de Assis, na Itália, o Papa Bento XVI reconheceu “com grande vergonha” que o cristianismo errou ao usar a violência em nome de Deus.

O pronunciamento aconteceu no evento que marca o 25º aniversário do Dia Mundial da Oração pela Paz, evento que dessa vez reuniu 300 líderes de várias religiões como cristãos, judeus, muçulmanos, hindus, zoroastristas, taoistas, xintoístas, budistas e até mesmo representantes de grupos ateus.

“Reconhecemos isso com grande vergonha. Mas está muito claro que isso [a violência] foi um abuso da fé cristã, algo que evidentemente contradiz sua verdadeira natureza”, disse o papa se referindo as Cruzadas e o uso da força para difundir a fé no Novo Mundo.

Se referindo aos campos de concentração da II Guerra Mundial, Bento XVI exemplificou as consequências do que a ausência de Deus pode trazer e também condenou o terrorismo dizendo que negar a Deus pode gerar “Reconhecemos isso com grande vergonha. Mas está muito claro que isso foi um abuso da fé cristã, algo que evidentemente contradiz sua verdadeira natureza”.

Fonte: Gospel Prime

Com informações VEJA
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"