chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Igreja ousa em evangelismo, faz “boca de urna” para Jesus e tem panfletos apreendidos


Igreja ousa em evangelismo, faz “boca de urna” para Jesus e tem panfletos apreendidos

Uma igreja evangélica resolveu aproveitar a votação realizada no último domingo, 05 de outubro, para por em prática uma estratégia de evangelismo ousada: a boca de urna para Jesus.

A Igreja Batista da cidade de Glória de Dourados, no Mato Grosso do Sul, colocou uma equipe de voluntários em cada local de votação do município, distribuindo panfletos aos eleitores.

“Vote em Jesus Cristo para governar sua vida – Nenhum candidato se compara a Ele”, dizia o texto dos panfletos distribuídos pelos fiéis.

A iniciativa, supervisionada pelo pastor Luiz Gomes de Souza, se estendeu até as 13h00, quando a juíza eleitoral Kelly Gaspar Duarte Neves, a pedido da promotora Juliana Martins Zaupa, mandou apreender o material e proibiu a distribuição dos panfletos.

O panfleto trazia internamente várias mensagens sobre as promessas de Jesus Cristo contidas nos evangelhos. “Em nenhum outro existe salvação”, concluía o texto.

De acordo com a magistrada, a apreensão era legitimada pelo exercício do “poder de cautela”, que autoriza a atitude diante de provável irregularidade ou crime eleitoral.

“A juíza cometeu um lamentável equívoco, cerceando um direito absolutamente constitucional e, ademais, decidindo sem embasamento legal algum. Trata-se de um trabalho de evangelismo realizado pela Igreja, aproveitando exatamente a data das eleições para propor uma reflexão ao eleitor. Nosso pessoal não provocou aglomeração, não fez apologia à candidatura humana e vestiu a camisa da seleção brasileira com os dizeres: nossa paixão vai além do futebol. É muito triste que as autoridades legalmente constituídas, e que deveriam garantir o nosso direito, sirvam exatamente para o contrário”, protestou o pastor Souza.
No entanto, segundo informações da mídia local, a iniciativa evangelística conseguiu atingir cerca de 75% do eleitorado da cidade, pois a maioria das pessoas optou por votar na parte da manhã.

“A Igreja continuará a levar a sua mensagem; outras eleições ou datas comemorativas virão, e todas elas serão aproveitadas”, adiantou o pastor.

Fonte: Gospel+
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"