chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

E se o seu pastor não acreditasse em Deus? Já tem esse tipo de lobo atuando na Holanda

E se o seu pastor não acreditasse em Deus? Já tem esse tipo de lobo atuando na Holanda

http://2.bp.blogspot.com/-NP8DsYM4NjA/Tj9dK4KBABI/AAAAAAAATOk/j3jpkmm7uCc/s1600/15709939420_zhrWC.jpg
E se o seu pastor não acreditasse em Deus? Já tem esse tipo de lobo atuando na Holanda

O pastor holandês, Klaas Hendrikse, da Igreja Êxodo da cidade de Gorinchem tem uma forma bastante diferente de pregar: Ele diz que Deus não é um ser sobrenatural e que a vida eterna não existe. “Pessoalmente, não tenho talento para crer na vida depois da morte. Não, para mim, a nossa vida, nossa tarefa, está antes da morte”, disse em uma de suas mensagens.

Essa posição teológica do pastor tem gerado polêmica entre muitas igrejas cristãs, principalmente quando ele diz que não acredita que Deus existe de forma sobrenatural. “Creio que “Filho de Deus” é uma espécie de título. Não creio que ele foi um deus ou metade deus”, disse o pastor a respeito de Jesus. “Eu creio que era um homem, mas era um homem especial.”

Hendrikse descreve o relato bíblico sobre a vida de Jesus como uma história mitológica, sobre um homem que pode muito bem não ter existido, mas mesmo assim é uma fonte valiosa de sabedoria sobre como levar uma boa vida.
http://boeken.blog.nl/files/2009/06/gelovenineengoddienietbestaat.pngO pastor ateu está lançando um livro intitulado de “Crer em um Deus Não Existente” (tradução livre para o português), obra que tem provocado os cristãos mais tradicionais, que chegaram a pedir para que o pastor fosse retirado da igreja. Mas, em uma reunião especial, o ministério decidiu que seus pontos de vista estão em concordância com o de outros pastores.

Um estudo da Universidade Livre de Amsterdam relatou que um a cada seis clérigos na Igreja Protestante holandesa são agnósticos ou ateus. Um professor dessa universidade, Stoeffels Hijme, acredita que esse tipo de discurso pode ajudar o cristianismo a permanecer “competitivo no mercado de ideias”, ele diz que somente se reinventando é que a religião conseguirá sobreviver por muito mais tempo.

Esse pastor Hendrikse é apenas mais um exemplo dos muitos pastores que abraçaram o liberalismo teológico de corpo e alma. E pelo visto, até mesmo a Universidade Livre de Amsterdam, que por muito tempo foi um bastião da fé cristã na Holanda, também está deixando de lado a sua herança reformada. Abraham Kuyper, seu fundador, ficaria desapontado.

Os pastores foram dados à Igreja para conduzi-la nas santas veredas da fé cristã, anunciando-lhe todo conselho de Deus (At 20.27) e promovendo o crescimento do rebanho e a santificação dos crentes. Mas, infelizmente, tanto aqui no Brasil, quanto na Europa e EUA, existem aqueles que carregam a alcunha de pastores, mas não passam de mercenários. Que Deus tenha misericórdia deles, e de todos nós.

Fonte: O alerta
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"