chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Marco Feliciano pode disputar Governo de Rondônia em 2014

O interesse do deputado é construir carreira em um Estado que tem em sua maioria cidadãos evangélicos

O polêmico pastor e deputado federal Marco Feliciano, do Partido Social Cristão (PSC).
No último final de semana, o pastor e deputado federal Marco Feliciano, do Partido Social Cristão (PSC) de São Paulo, esteve em Ariquemes, onde pregou para fiéis e se reuniu com políticos de seu partido. O que militantes de seu partido local já cogitam, passa a ser discutido pela assessoria técnica do deputado nos próximos dias, que é a transferência de seu titulo de eleitor para o Estado de Rondônia e então iniciar os preparos para uma candidatura ao Executivo Estadual.

Informações dão conta que o interesse do deputado é construir carreira em um Estado que tem em sua maioria cidadãos evangélicos, para crescer politicamente no Executivo Estadual, e então, seguir para uma pretensa candidatura à presidência da República. Por isso fiéis evangélicos e militantes do PSC local, cogitaram e estimulam essa mudança na carreira política de Marco Feliciano.

O que parece soar estranho aos olhos de muitos críticos, começa a se tornar realidade nos bastidores da política rondoniense, pois apesar das polêmicas e uma grande rejeição envolvendo o nome do referido pastor em supostos casos de racismo e homofobia, se realmente o povo evangélico é fiel, tem-se um forte nome para a disputa.

Uma questão que não se pode negar, é a relação de Marco Feliciano com o empresário Geraldo da Rondônia Distribuidora, que tem sido pivô principal de suas vindas ao Município. Geraldo já ensaia sua candidatura a deputado estadual, mas já se anima para enfrentar junto ao pastor, como vice ao Governo do Estado.

Se isso se confirma ou não, ainda não se tem certeza. O fato é que o assunto já começa a gerar polêmica nas redes sociais, pois a divergência de opiniões é grande. Resta saber se para o pastor compensa perder o mandato do Estado de São Paulo, a presidência da Comissão dos Direitos Humanos  e vir por aqui se aventurar a disputar uma vaga no meio de líderes como Confúcio Moura (PMDB), Expedito Junior (PSDB),  Hermínio Coelho (PSD), entre outros figurões da política rondoniense.

Fonte: OuroPretoDoOeste.com 
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"