chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Pastor enfrenta tubarão e salva vida de mergulhadora


Religioso diz que Deus lhe deu forças para nadar.

Pastor enfrenta tubarão e salva vida de mergulhadora
Pastor enfrenta tubarão e salva vida de mergulhadora

O pastor Rick Moore, 57, orou em voz alta enquanto entrava no mar tentando salvar uma jovem de 20 anos de idade. Ela foi mordida por um tubarão e perdeu o braço na altura do ombro. Quando ouviu sobre o ataque, Moore calçou seus pés-de-pato e se jogou na água.

“Tudo o que vi era muito sangue e apenas o osso onde estaria seu braço direito. Ela ficava dizendo: ‘Eu vou morrer, eu vou morrer’. Eu dizia: ‘Não, você não vai. Nós vamos salvá-la”, lembra.

O pastor disse que não pensou no perigo que corria enquanto nadava para tentar ajudar uma    estranha que dizia ter sido mordida por um tubarão. Ninguém mais que estava na praia na ilha de Maui, Havaí, quis se arriscar.

“Eu comecei a pensar comigo mesmo, se o tubarão estiver por aqui, o que vai acontecer agora? Eu vou ser o próximo! Então comecei a orar “Deus, Deus nos ajude”. E nadei o mais rápido que conseguia”, disse ele.

Felizmente, ele e a vítima chegaram até a praia sem nenhuma outra mordida. Os paramédicos disseram que se ele não tivesse entrado no mar, a jovem certamente teria morrido, pois estava a quase 50 metros para dentro do mar. Perdendo muito sangue e sem um braço, ela não teria forças para nadar contra a forte corrente daquele dia.

Jana Witteropp, a turista alemã atacada enquanto mergulhava foi atendida no Maui Memorial Medical Center, e chegou em estado crítico. Depois de operada, ela está se recuperando bem. Embora tenha perdido todo o braço direito, ela irá sobreviver. O pastor foi visitá-la e disse que jamais conseguirá esquecer os gritos dela, mas está feliz.

Moore vai voltar para Laguna Niguel, cidade da Califórnia onde ele é pastor e professor de educação física com uma história e tanto para contar. ”Eu já estava cansando de lutar contra a maré, quando comecei a clamar a Deus em voz alta. Senti como se fosse uma explosão de força… até conseguirmos chegar na praia”, disse Moore

Sua esposa, Diane Moore, disse que ele será recebido como um herói.  Em meio a lágrimas, Moore disse ao canal NBC4 que ela nunca imaginou que o marido pudesse fazer algo assim.


O Departamento de Terras e Recursos Naturais do Havaí disse que este foi o sexto ataque desse tipo na ilha este ano, mas sem vítimas fatais.  Naquela e em outras praias existem avisos sobre o risco de tubarões, mas nem sempre as pessoas respeitam. A última vez que alguém morreu após um ataque de tubarão no Havaí foi em 2004. Com informações NBC Los Angeles.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"