chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quinta-feira, 8 de março de 2012

Diretor do ACLJ está no Brasil para acompanhar o caso de Yousef Nadarkhani

Jordan Sekulow garante que o único fator para a condenação do pastor iraniano foi o fato dele não negar a Cristo

 Diretor do ACLJ está no Brasil para acompanhar o caso de Yousef Nadarkhani

Depois de dar entrevista para o Jornal Nacional falando sobre o risco de morte que o pastor iraniano Yousef Nadarkhani está correndo, Jordan Sekulow, diretor do Centro Americano para Leis e Justiça (ACLJ) está no Brasil para acompanhar as ações do governo brasileiro para  tentar anular a sentença de morte emitida contra o cristão.

Em entrevista ao portal Verdade Gospel, Sekulow mostrou a sentença emitida em 2010 condenando Nadarkhani por ele ser cristão, e informou que o Irã está afirmando que Yousef cometeu outros crimes para desviar a atenção para o caso que ganhou proporções mundiais.

Como se sabe, Yousef Nadarkhani está preso desde 2009 por ter se tornar pastor e feito com que muitos muçulmanos se convertessem. Levado à prisão, ele já teve oportunidades para negar a Cristo e não o fez, sendo por isso condenado a morte por forca.

“O Brasil pode ser o único país do mundo a conseguir que o Irã não mate o pastor Yousef”, disse o americano que sabe que não pode pressionar o governo do Brasil para libertar o pastor, mas que o bom relacionamento diplomático entre os países pode sim beneficiar o prisioneiro.

Os parlamentares evangélicos se reuniram com o embaixador do Irã no Brasil, Mohammad Ali Ghanezadeh, que garantiu que Nadarkhani não será executado e que está preso por cometer crimes como roubo e envolvimento com prostituição. Acusações que para o diretor do ACLJ, que tem contatos com os advogados do pastor iraniano, foram forjadas pelo governo do Irã.

Selukow diz que é muito importante que os cristãos brasileiros mantenham o assunto na mídia e também nas redes sociais para que o caso não caia em esquecimento e que não só Yousef, como outros cristãos não sejam mais condenados no Irã simplesmente por professarem outra fé além da islâmica.
             

Veja a entrevista:
Fonte: Gospel Prime
Com informações Verdade Gospel
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"