chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Missionários são infectados com vírus mortal enquanto trabalhavam na África


Missionários são infectados com vírus mortal enquanto trabalhavam na África
Missionários são infectados com vírus mortal na África

O continente africano testemunha um surto sem precedentes de ebola. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até sexta-feira (1), mais de 1300 pessoas foram infectadas, sendo que 729 delas morreram.
Vários países já anunciaram “estado de emergência”. Libéria e Guiné lutam para conter a epidemia. Serra Leoa anunciou o fechamento das escolas e mandou tropas para isolar regiões em quarentena.  Já surgiram os primeiros casos na Nigéria e há temor de epidemia continental.

Não há cura nem tratamento conhecido para as vítimas. Um número muito pequeno de pessoas consegue resistir naturalmente ao Ebola, mas o índice de mortes entre os contaminados é cerca de 90%.

O médico Kent Brantly (33) e a enfermeira Nancy Writebol (59) estão entre os infectados pelo vírus. Eles fazem parte da equipe médica missionaria do Samaritans Purse [Bolsa do Samaritano], ministério ligado à Associação Evangelística Billy Graham. Ambos atendiam pacientes na Libéria em uma missão de ajuda humanitária.

O estado de saúde deles é grave e seus amigos e familiares estão pedindo orações em favor deles, pois a medicina não poderá ajuda-los. Franklin Graham, diretor da Organização missionária contou que mesmo estando muito debilitado, Brantly demostra amor cristão: “Quando chegou até nós um soro experimental, suficiente para uma só pessoa, o Dr. Brantly pediu para fosse dado à enfermeira Nancy”, conta Graham. Ele acrescenta ainda que “O ministério heroico e sacrificial deles, juntamente com todos da equipe lá, é um belo exemplo do amor de Cristo em meio a esta situação de crise”.

Os dois já foram levados de volta aos EUA e estão no Hospital Universitário Elmory, em Atlanta. Segundo a Samaritans Purse, Brantly estava trabalhando voluntariamente há vários meses com pessoas infectadas na Libéria, país que registra o maior número de pessoas infectadas pelo vírus. A organização evangélica estuda tirar da região todos os seus missionários e equipes médicas até que a epidemia seja controlada.

Bruce Johnson, presidente da Missão SIM, à qual pertence Nancy Writebol, está liderando uma campanha de intercessão pela internet. “Acreditamos no poder da oração e pedimos às pessoas de todo o mundo que orem, não só por Nancy e pelo Dr. Brantly, mas também por todos aqueles que estão infectados por este terrível vírus”, pediu ele.

Nesta sexta-feira, Margaert Chan, chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), admitiu que o vírus está se espalhando rápido demais e que a epidemia está “fora de controle”. Contudo, para os especialistas é muito baixo o risco de uma pandemia global.

O infectologista Stefan Cunha Ujvari, autor do livro “Pandemias”, explica que a transmissão do Ebola ocorre pelo contato direto com doentes e sua transmissibilidade é baixa. Os vírus são considerados de alto contágio quando transmitidos pelo ar. Com informações CBN, O Globo e Samaritans Purse

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"