chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

sábado, 1 de setembro de 2012

Garota presa por supostamente queimar o Corão tem deficiência mental

Ela continua presa em sela de segurança máxima enquanto seus pais estão sob custódia.

Garota presa por supostamente queimar o Corão tem deficiência mental
Garota presa por supostamente queimar o Corão tem deficiência mental

Os médicos paquistaneses divulgaram o resultado dos exames feito em Rimsha Masih, uma jovem de 11 anos que foi presa no começo do mês sob acusação de blasfêmia. No primeiro momento foi divulgado que a menina tinha Síndrome de Down, mas os médicos afirmaram que na verdade ela sofre de retardamento mental.

Presa desde o dia 17 de agosto quando os vizinhos chamaram a polícia por vê-la carregando em um saco de lixo algumas folhas que teriam sido tiradas de um exemplar do Corão, livro sagrado para os muçulmanos, a garota não pode ser libertada.

Seu advogado, Tahir Naveed Chadhry chegou a conceder entrevista dizendo que ela está sendo mantida em uma prisão de segurança máxima e que durante uma visita chorou pedindo para ser libertada.

“O relatório médico também apoiou nossa afirmação de que sua idade mental não é compatível com sua idade física”, declarou Naveed. “Ambas as descobertas oficiais vão nos ajudar a provar que as acusações contra Rimsha têm sido erroneamente aplicadas e que ela deveria ser posta em liberdade sob fiança imediatamente”, concluiu.

O advogado diz também que mesmo se ela for inocentada não poderá voltar para casa nunca mais, pois eles temem aos vizinhos que podem tentar fazer a justiça com as próprias mãos. Com medo da reação deles, os pais de Rimsha foram retirados de sua casa e estão sob custódia protetora.

“Assim como todos os outros acusados de profanar o Islã, Rimsha e sua família não poderão retornar à sua casa, pois isso pode colocar suas vidas em risco”, disse ele.

A imprensa local chegou a dizer que especialistas estão denunciando a ilegalidade da detenção de uma adolescente que não tem capacidade mental de entender o motivo de sua prisão. Mas as agências de inteligência alertam o governo paquistanês que a liberação da menina pode aumentar a tensão religiosa no local.

Fonte: Gospel Prime
Com informações Portas Abertas
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"