chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Primeiro RPG cristão para computador ultrapassa 5 mil downloads

Os jogadores precisam guiar o personagem até o Reino das Bem-Aventuranças vencendo os emissários do Senhor das Sombras que aparecem no meio do caminho

Primeiro RPG cristão para computador ultrapassa 5 mil downloads
Primeiro RPG cristão para computador ultrapassa 5 mil downloads

Lançado há algumas semanas, o primeiro game de RPG cristão para computadores ultrapassa a marca de 5 mil downloads. Intitulado de “Caminho Estreito” o jogo está disponível gratuitamente no site Internautas Cristãos, tendo como público alvo os jogadores de RPG que sentiam falta desse tipo de entretenimento.

No jogo é necessário guiar o jovem cristão, primeiramente chamado de Desesperado, até o Reino das Bem-Aventuranças. Para chegar até lá ele vai encontrar pela estrada diversos emissários do Senhor das Sombras que tentarão impedi-lo de chegar até o reino governado pelo Príncipe da Paz.

Para poder vencer essas barreiras que aparecerão em seu caminho, o jovem terá que usar seu escudo da fé e assim se proteger de todos os argumentos de religiosos, místicos, descrentes e pluralistas que tentarão tirá-lo do caminho.

Criado pela equipe do site Internautas Cristãos, o jogo serve não só para o público cristão, mas para não-cristãos como explica Incendiário, o diretor geral desse game. “O objetivo do game é duplo: oferecer ao público cristão uma diversão sadia e edificante, e transmitir as verdades da Escritura aos não-cristãos, isso tudo de forma gratuita”.

Diversos sites voltados para jogos já noticiaram o lançamento de “Caminho Estreito”, que foi produzido tendo como inspiração algumas obras clássicas do cristianismo como “O Peregrino”, de John Bunnyan, e “As Crônicas de Nárnia”, de C.S. Lewis e outros.

As reações dos usuários estão bem diversificadas, obviamente que os cristãos se mostraram mais receptivos a esse tipo de jogo que os outros usuários, mas também apareceu críticas de religiosos que ainda acreditam que o jogo de RPG é “coisa do diabo”.

“Por outro lado, também houve elogios por parte de alguns não-cristãos em relação à qualidade técnica e aos bons valores transmitidos na história, coisa rara em jogos de vídeo game”, diz o diretor que participou de todas as etapas dessa criação.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"