chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Marco Feliciano é agredido verbalmente em aeroporto

Ele foi responsabilizado “pela morte de milhares de gays” por conta de sua religião

Marco Feliciano é agredido verbalmente em aeroporto
Marco Feliciano é agredido verbalmente em aeroporto

O deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi agredido verbalmente em um aeroporto. Na última quinta-feira (29) o parlamentar evangélico desembarcou no Recife quando foi abordado por um ativista gay.

O homem não identificado distribuiu um folheto sobre uma palestra feminina e depois começou a acusar Feliciano pelas mortes de homossexuais.

O caso foi contado pelo próprio deputado no domingo (1º) através do Twitter. O ativista homossexual teria dito: “Você é responsável pela morte de milhares de gays que morreram por intolerância da sua religião”.

Feliciano não se exaltou com a acusação e respondeu: “Me mostre um gay morto por um cristão por razões religiosas e te peço perdão agora”. Sem resposta, o ativista teria abaixado a cabeça e ido embora em silêncio. “Ele confundiu o cristianismo com o islamismo”, escreveu o deputado.

“O Cristianismo evangélico prega a paz, repreende o pecado mas ama o pecador. Que Deus ilumine essas vidas que nos odeiam por nada. A paz!”

Desde que assumiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, em março deste ano, Marco Feliciano se tornou alvo de inúmeros protestos. Por não concordar com o homossexualismo, o deputado é considerado homofóbico e já passou por muitos casos parecidos como este do aeroporto de Recife.

Em agosto algo semelhante aconteceu durante um voo. Feliciano e um de seus assessores estavam saindo de Brasília com destino ao aeroporto de Guarulhos (SP) quando homens começaram a hostilizá-los, fazendo danças sensuais e cantando a música “Robocop gay” do grupo Mamonas Assassinas.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"