chat da radio gospel hits brasil

Filme: "Renúncia, Suas escolha definem seu futuro"

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Câmara de Nova Odessa aprova leitura obrigatória da Bíblia nas escolas


Câmara de Nova Odessa aprova leitura obrigatória da Bíblia nas escolas
Nova Odessa aprova leitura obrigatória da Bíblia nas escolas

A Câmara municipal de Nova Odessa, interior de São Paulo, aprovou um projeto de lei que obriga a leitura da Bíblia nas escolas municipais.

A lei é de autoria do vereador Vladimir Antônio da Fonseca (SDD) que é evangélico. Na visão do parlamentar o projeto “não se contrapõe à ideia de Estado laico” e nem “desafia os valores consagrados na Constituição”.

“A intenção foi a melhor possível”, disse Fonseca. Mas a proposta de tornar obrigatória a leitura da Bíblia nas escolas tem gerado debate entre a população da cidade e entre especialista.

Para a professora da Faculdade de Direito da USP, Odete Medauar, o projeto é inconstitucional. “A escola pública é laica e não pode ter influência de religiões”, disse ela ao jornal Folha de São Paulo.

O administrador Mauro Facioli, 57, também é contra. “A religião não deveria entrar no currículo escolar”, disse ele ao jornal. Já o motorista Luiz Vidal, 63 anos, é a favor. “O povo só quer saber de coisa errada. Quem sabe estudando a Bíblia não melhora”.

Depois de ser aprovado pela Câmara o projeto passará pelo prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza (PSDB) que não vê a proposta como algo ruim, mas é contra a obrigatoriedade.

“O projeto não é ruim. É bom. A Bíblia é um dos livros mais lidos do mundo. Só a parte da obrigatoriedade é que acaba criando um transtorno”, disse ele. Souza deve pedir um parecer da Secretaria de Educação e também do setor jurídico para decidir se irá sancionar ou vetar a proposta. A ideia do tucano é melhorar o projeto antes torná-lo lei.

Fonte: Gospel Prime
Ocorreu um erro neste gadget

sate da radio

sate da radio
"Evangelizando Povos e Nações"